Supernanny

Bruno Nogueira sintetizou a coisa há dias.

Este programa teve origem no Reino Unido, emitido pela primeira vez pelo Channel 4. É de notar que um país onde os assistentes sociais têm um enorme poder, tendo-o exercido com polémica para retirar crianças às famílias (exemplo; ver também Grã-Bretanha: As Crianças Roubadas), permitiu a emissão de um reality show onde crianças são treinadas como se fossem cães e onde estas, sendo a parte fraca, não têm voto na matéria.

O esgoto chamado SIC  está a emitir isto, em versão nacional. Como diz Bruno Nogueira, se um dia uma destas crianças se matar, lá irá Marcelo dar abracinhos de consolo, com a SIC a transmitir o velório para gáudio dos voyers que se alimentam da vida alheia.

Renovo o pensamento inicial quando, em 1992, foi  anunciado o nome da estação. Na altura, SIC fazia-me lembrar you make me sick. Parece que adivinhava.

Aventar Podcast
Aventar Podcast
Supernanny
/

Abaixo Donald Trump! Viva a Monsanto!

Não que a mensagem contida no novo tema e vídeo dos U2 não seja actual e relevante. É claro que é. Mas, corrijam-me se estiver errado, estes são os mesmos U2 que têm como vocalista Bono Vox, o multimilionário activista que defende o capitalismo como meio de acabar com a pobreza, apesar das desigualdades e da exploração que gera, e que anda de mãos dadas com os agro-terroristas da Monsanto, o Daesh que envenena a nossa comida, certo? Infelizmente, não há registo de cantigas de pseudo-intervenção com a mira apontada aos Trumps das sementes geneticamente modificadas. Só paleio de saco humanitário.

Não consigo imaginar porquê

DT

via Expresso