O neofascismo é o novo fundamentalismo religioso

Publicado em Junho, o último relatório da Europol dedicado ao terrorismo revela que, entre 2002 e 2019, 332 atentados terroristas foram levados a cabo por organizações de extrema-direita em solo europeu, dos quais 49 em 2019, resultando num total de 286 vítimas mortais.

Os métodos só podem surpreender os mais desatentos. Ainda em Agosto, quando os Taliban tomaram o poder, assistimos ao elogio apaixonado dos órfãos de Trump, que destacaram a determinação dos fundamentalistas afegãos na sua luta contra os valores liberais. Supremacistas brancos, fundamentalistas católicos e evangélicos e QAnon figuram entre os novos cheerleaders do Emirado.

E desengane-se quem pensa que a moda não chega cá. Por altura do atentado contra o Capitólio, levado a cabo pelos mujahedines de Trump, o cadastrado violento Mário Machado avisou no Twitter que em breve veríamos o mesmo filme por cá. No Unipessoal de André Ventura, as ameaças, o discurso violento e o ódio são o prato do dia, que pode ir do “simples” apelo à morte de alguém até à moção que defende a remoção dos ovários como penalidade legalmente enquadrada. Para não falar nos novos gangues de negacionistas, que usam a pandemia como fachada para uma luta que nega sobretudo a liberdade e a democracia.

É urgente tomar medidas contra o terrorismo neofascista. Da mesma forma que se monitorizam islâmicos radicalizados, as autoridades dos Estados-membros podem e devem monitorizar a extrema-direita, agindo preventivamente contra estes fundamentalistas, em nome da segurança da comunidade. Sem contemplações. Terroristas são terroristas rezem eles a Alá, Bannon ou Hitler.

Comments

  1. estevesayres says:

    Existem cúmplices nestas matérias , dou como exemplo, partidos ditos de esquerda…os seus membros se passeiam no parlamente, e que nada fazem!!!
    Nem fascismo nem neofascismo nem social-fascismo!

  2. Luís Lavoura says:

    os novos gangues de negacionistas, que usam a pandemia como fachada para uma luta que nega sobretudo a liberdade e a democracia

    A que gangues, explicitamente, se refere? De que forma negam eles a liberdade e a democracia?

  3. JgMenos says:

    Agora os jihadistas são extremistas de direita!!!!

    Os da ideologia do assalto à propriedade – vulgo esquerdalhos – até vão buscar fanáticos religiosos para se armarem em vítimas e disfarçarem a sanha de roubalheira que os consome.

    • JgMais says:

      “Agora os jihadistas são extremistas de direita!!!!”

      Claro negativista Salazarista

      Até parece que os Talibãs e companhia não tiveram, têm e terão o apoio da Arabia Saudita e de outras forças “esquerdalhas!

      Acorda do teu sonho. O Botas já morreu há muitos anos

      • JgMenos says:

        Pode então concluir-se que carteiristas, assaltantes e ‘amigos do alheio’ em geral são extremistas de esquerda.

        • JgMais says:

          “#Pode então concluir-se que carteiristas, assaltantes e ‘amigos do alheio’ em geral são extremistas de esquerda.”

          JgMenos, deixa a demagogia e jogos de palavras para gente inteligente, que domine essa técnica.
          Contenta-te com a saudade

          • JgMenos says:

            Não passas de esquerdalho armado em chico-esperto, que é o formato definidor dos candidatos a ‘intelectual de esquerda’, para quem direita e capitalismo são sinónimos em contraponto com esquerda e socialismo.
            Havendo dúvidas. há sempre o saco dos ‘valores burgueses’.

        • Tuga says:

          Caríssimo JgMenos

          Alguma informação que decerto lhe interessa, como pessoa isenta e sem preconceitos.

          Sobre o papel da Arábia Saudita no ataque ás torres em 11 de Março de 2001

          Os amigos americanos andaram a esconder isso durante 20 anos. Porque seria

          https://actualidad.rt.com/actualidad/403726-fbi-publicar-nuevo-documento-desclasificado

          Outro sobre o mesmo assunto

          Porque é que os USA não levaram a sério, os avisos sobre a preparação do 11 Set 2001 ?

          Interessante documentário na DW

          https://beta.dw.com/en/9-11-the-unheeded-warning/video-59123997

          • Dr Fernando Reles says:

            Isso é tudo mentira, tal como o Corona Virus !!!

          • Paulo Marques says:

            Porque as forças de segurança servem para manter a hegemonia e a hierarquia, não a segurança. Ontem, como hoje, como amanhã. Uns milhares de morte a mais não mudam grande coisa no cálculo.


    • Ainda ainda sou do tempo em que extremistas religiosos afegãos lutava contra os soviéticos.

    • Tuga says:

      https://actualidad.rt.com/actualidad/403726-fbi-publicar-nuevo-documento-desclasificado

      Os Sauditas e o 11 de Março nos USA.
      Não o 11 de Março de 75 em Portugal, porque cá foi mesmo o Carlucci embaixador dos USA

    • Paulo Marques says:

      Os fanáticos religiosos querem as mulheres em casa, obedientes, que a escola só ensine o dogma hierárquico das pessoas de bem, e os hereges punidos. Entre fasços e talibãs, a diferença nisto é o nome do livro.

  4. Fernando Rodrigues says:

    Tem razão. Acho que os neo-fascistas estão a atacar em todo o mundo. O que acho que está equivocado é nos neo-fascistas. Os descritos neste artigo, esses sim, são os neo-fascistas que demos temer a quem temos de estar atentos:

    https://www.facebook.com/photo/?fbid=4715479961795747&set=a.997537896923324


    • Queimar livros está tão démodé.
      Os fanáticos religiosos, esses têm evoluído.
      Agora vemos alguns membros do clero a incendiar antenas de comunicações 5G.

      https://www.dn.pt/internacional/ardam-no-inferno-monges-franceses-atearam-fogo-a-antenas-5g-14145341.html

      • Julieta says:

        Diz a noticia

        “Os monges em questão têm 39 e 40 anos.”

        É a tal geração super bem informada e esclarecida.
        Mas estes têm alguma desculpa, vivem ainda na Idade Media e acreditam que uma mulher casada teve um filho de um “espirito santo ” e ficou virgem.

        Quem acredita nisto acredita em tudo ate nos supostos perigos do 5G. Mas se formos a investigar, todos no tal convento têm telemóveis e conta no facebook.


        • A tal geração “mais bem qualificada de sempre” é a dos sub-30.
          Mas diz o porta-voz do mosteiro que tudo não passou de um erro de juventude.
          Afinal sempre existem adolescentes de 40 anos.

          • Julieta says:

            “A tal geração “mais bem qualificada de sempre” é a dos sub-30.”

            Isso dizia-se há 10 anos. Agora já têm 40 anos mas são pós-adolescentes

        • Elvimonte says:

          Directrizes da “Comissão Internacional para as Radiações Não-ionizantes (ICNIRP)” – https://www.icnirp.org/cms/upload/publications/ICNIRPrfgdl2020.pdf

          Exemplo de estudo sobre os efeitos na saúde humana: Artigo de revisão do Prof. Martin Pall:

          “Wi-Fi is an important threat to human health” – ….sciencedirect.com/science/article/pii/S0013935118300355

          “Houve dois estudos muito grandes, o do National Toxicology Program nos Estados Unidos, com ratinhos, e depois um Instituto Italiano, o Ramazinni, voltou a repetir os mesmos estudos, e a ideia é expor ratinhos sistematicamente, de uma forma chamada ocupacional, para simular os efeitos nos seres humanos, e esses estudos tinham como objectivo mostrar definitivamente que não havia problema nenhum para a saúde.

          O que acontece é que os cientistas perceberam que não. Os ratos desenvolveram tumores cerebrais e tumores no coração (…) com as gerações 2G e 3G.” – …onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1002/em.22343 – ….sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0013935118300367

          No site …emf-portal.org/en encontra cerca de 30000 artigos científicos que mostram os prejuízos das radiofrequências na saúde. Faça um esforço e leia alguns para ficar a saber alguma coisa sobre o assunto.

          Se a ignorância pagasse imposto, Portugal era um país sem dívida pública e com excedentes orçamentais sistemáticos.

          • POIS! says:

            Pois tenha cuidado, ó Monsieur Elvimont!

            Não saia à rua! Corre o risco de ser perseguido por uma seringa ionizada empunhada por um enfermeiro sindicalista.

            Simplesmente horrível!


          • Pois, quando essas frequências de radio emitiam televisão digital terrestre não havia problema.
            Agora que essas mesmissimas frequências transmitem 5G já causam cancro em ratinhos.

          • Paulo Marques says:

            Ufa, e ainda não fugiu para as montanhas do Afeganistão, onde não há ondas, nem vacinas, nem bisexuais; tudo para o nosso bem.

    • Tito says:

      Sr Fernando

      Noticias no fakebook ?

      Qual a credibilidade disso

    • Paulo Marques says:

      A história não é o que querem, tal com a ciência e a economia. Azarito, dizem até os mercados.

  5. Fernando Rodrigues says:

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.