Guerra na Ucrânia, a sopa

Eu sei que anda tudo doido. Alguns acham que é o efeito das vacinas, dos tais chips do Bill. E de terem descoberto que a terra é plana. Até hoje. O dia em que o Kremlin conseguiu ultrapassar todos estes doidos de uma só vez:

https://observador.pt/2022/04/08/kremlin-acusa-ucrania-de-esconder-receita-de-sopa-de-beterraba-xenofobia-nazismo-e-extremismo/

Comments

  1. Teresa Palmira Hoffbauer says:

    Li ontem essa notícia que é máximo 🤪
    Conheço „fadas do lar“ alemães que cozinham essa sopa para meu desprazer, porque a detesto.

    A irracionalidade do ser humano aumenta diariamente!!

  2. Rui Naldinho says:

    Eu sabia Fernando, que esta onda de solidariedade com a Ucrânia, mais tarde ou mais cedo, acabaria no “Borsch”!
    Para já, a fulana que está na foto parece-me ter pouco ar de cozinheira, mas pode ser do astigmatismo dos meus olhos.
    Se ela faz um bom “Borsch”, desconheço. Isso é lá com ela e com quem lhe come as papas.
    Eu prefiro umas de sarrabulho, com cominhos, carne de porco, galinha desfiada, farinha de milho, … ou até mesmo um caldo verde com batata da Póvoa, a couve bem segada e chouriço de boa qualidade.
    Não há melhores “Borsches” que os feitos na cozinha portuguesa.
    “Nada como a minha Idália prá cuzinha”, diria o Hérman José

    • POIS! says:

      Fique sabendo Rui, que esta coisa da culinária tem tomado proporções bélicas apreciáveis.

      Lembre-se que, em tempos, houve uma guerra com Espanha por causa de laranjas. Nessa altura era uma matéria-prima muito importante, para misturar na caipirinha lá nos Brasis.

      Segundo o que vi na num tuíte instagramado no feicebuque há movimentações suspeitas de tropas espanholas junto á fronteira. Suspeita-se que em breve tentarão uma invasão.

      O objetivo, segundo as mesmas fontes, é o roubo da receita do “Arroz á Valenciana”. É que lá em Valência ninguém sabe o que é.

      PS. A propósito: um borsche não é aquilo que o Salazar ofereceu à Christine Garnier lá pelos anos 50 ou coisa e tal?

      É o que eu digo! Isto anda tudo ligado!

  3. Paulo Marques says:

    Fez mal. Era defender que é um prato russo que era logo proibido em todo o lado.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.