Uma imagem vale mais que mil trafulhas

Barco Afundado

Imagem@FB Revista Architecture & Design

Um barco a afundar e um bando de chicos-espertos que, como ratos, agarram o que podem e saltam borda fora. Eis o país sob permanente assalto dos piratas do bloco central.

Minititanic

foto de adão cruz

Quem por ali passe nem repara no MINITITANIC, nem se apercebe da vida que ele foi. Um pequeno barco de quatro ou cinco metros, já gasto, assente na margem lodosa do rio, a um canto de um apodrecido cais, preso não se sabe aonde nem a quê, por uma longa corda cheia de nós. Um barco sem fé nem esperança, isolado do mundo, afastado de todos os seus irmãos, ancorado no tempo, agarrado à memória do lado esquecido da vida. Há muito parado e imóvel, apenas baloiça levemente à flor da água quando a maré lhe entra sorrateiramente por baixo, afagando o casco de cores já mortas, num beijo de saudade como que a dizer, anda, desprende-te, vem comigo até ao infinito. Um barco muito triste, quando a maré se vai e o deixa de novo pousado na areia negra e suja. [Read more…]

Pensamentos XXXVII e XXXVIII

XXXVII

Tábuas da mesma árvore,

umas fazem um barco, outras um caixão.


XXXVIII

Pintar uma víbora de cor-de-rosa

não muda a cor do seu veneno.


Conheça o primeiro Caderno de Pensamentos do Sr. Anacleto da Cruz.