Os jornalistas e a conferência de imprensa de José Sócrates

José António Cerejo

Haverá algum jornalista que não ache que os jornalistas decentes deviam ter abandonado a conferência de imprensa de Sócrates, depois de este se ter recusado a responder a perguntas de um órgão de comunicação social? Ou são só os jornalistas que não abandonaram uma conferência de imprensa de Trump perante uma situação semelhante que são indecentes?
Para mim, os que ficaram nos seus lugares, em Lisboa e em Washington, são iguais: indecentes!

Quando não se consegue imaginar a possibilidade de dizer não, não se está a negociar

Varoufakis explica o acordo e como se escreve a palavra negociar, legendado em português.

Toni reage às medidas do governo e critica Cavaco

http://www.facebook.com/aristocratas

Conferência de imprensa da troika

A Troika falou genericamente nas medidas a aplicar a Portugal e que podem ser consultadas aqui no Aventar num belíssimo serviço público levado a cabo por alguns dos nossos colegas.

Quanto à fase de perguntas e respostas, retive uma pergunta e uma não resposta:

     Pergunta: Com que impressão ficaram dos políticos portugueses?

     Resposta (que é uma não resposta): Sobre isso falamos mais tarde.

E retive ainda uma pergunta e uma quase resposta:

     Pergunta: O que acham do TGV em Portugal?

     Quase resposta: Se olharmos para o problema (português supõe-se) nós somos muito cépticos em relação às PPP. *

*Transcrição não literal

Os Homens da Luta na Eurovisão

Já dão nas vistas (ler este artigo no Guardian).

Espalhem a notícia por quem conheçam na Europa (só se pode votar neles para lá de Vilar Formoso). E deixo a conferência de imprensa, hilariante, em Mourinho’s style, diz o gajo:

parte 1

[Read more…]