Clube dos Pensadores com Fernando Gomes

O Clube dos Pensadores continua a ser uma excelente ideia.

Hoje, às 21h30 em Vila Nova de Gaia, Fernando Gomes, Presidente da Federação Portuguesa de Futebol é o convidado do Clube dos Pensadores.

Confesso que não vou muito à bola com alguém que me surge claramente como parte do problema do nosso futebol, mas de qualquer modo gostaria de lhe perguntar que estratégia tem para melhorar a relação entre a formação de jovens jogadores e o desporto escolar.

Será que não faria sentido que até aos 14/15 anos a formação fosse, do ponto de vista do financiamento público, apenas concretizada através do sistema escolar (público e privado), fazendo-se depois a ponte para  a competição através dos clubes locais, que alimentariam no escalão seguinte (juvenis) os grandes clubes?

Sopram ventos de mudança na Federação

Armindo de Vasconcelos

Joana Gonçalves acaba de assumir oficialmente a candidatura à presidência da Federação Portuguesa de Hóquei para o ciclo olímpico 2012/2016.

Aos 28 anos, esta licenciada em Ciências do Desporto pela Brunel University, de Inglaterra, que ostenta ainda uma pós-graduação em Gestão Desportiva pela Faculdade de Desporto da Universidade do Porto e era a responsável pelos núcleos do Desporto Escolar tutelados pela FPH, vai ser, tudo o indica, a próxima Presidente e será a segunda mulher a responder pela modalidade no seu mais alto cargo executivo.

Para além de ser o mais jovem candidato da história do hóquei em Portugal, Joana Gonçalves tem atrás de si uma carreira de atleta de 12 anos, é internacional, tem o curso de treinadora, é juiz nacional e internacional e, desde 2009, é funcionária do departamento Técnico da Federação como coordenadora e gestora do Hóquei no Desporto Escolar, colabora na organização e desenvolvimento competitivo e ajudou a preparar o Plano Nacional de Formação de Treinadores, IPDJ. [Read more…]

Cristiano Ronaldo & Pepe

Não sou o fã número um da seleção. Mas já fui.

Estive nos cafés, no tempo da Escola Secundária, a ver Portugal ser campeão na Arábia Saudita. Andei também pelos estádios a ver Portugal ser Campeão do Mundo em 1991, no arranque da mais fabulosa geração de futebolistas que o nosso país teve.

Cresci com eles e maravilhei-me com os feitos deles nas grande competições, até … Mudar tudo.

Para mim a seleção não é um clube. Nunca sofri pela seleção como pelo BENFICA, nem pouco mais ou menos. É um defeito meu, eu sei. Quem não os tem?

Mas com o Scolari foi a ruptura porque nunca me identifiquei com a bandalheira que aquele tipo gerou à volta da equipa,  ainda que, do ponto de vista dos resultados, tenha estado bem. [Read more…]

O Queiroz vai passar a jogar ao ataque?

https://i1.wp.com/dn.sapo.pt/storage/ng1321980.jpg?resize=420%2C200As últimas palavras que se conhecem do Secretário de Estado, confirmando a gravidade dos factos ocorridos na Covilhã e do próprio Ministro Adjunto, confirmam que o governo já deixou cair o ainda seleccionador.

Tal como diz o nosso leitor Xico da Amora, se a equipa das Quinas tivesse tido ums boa prestação, talvez as coisas fossem diferentes, mas não foram e aquela maneira de jogar para perder por um a zero, não deixa ninguem satisfeito. Quem tem medo morre mais que uma vez, é o que está a acontecer a Queiroz, que coloca as suas equipas a jogarem sem ambição, sem beleza, e com decisões incompreensíveis, como as que se referem a Pepe, a Nani, a Deco, a Ricardo Rocha…

Agora vamos ter uma guerra jurídica, com a Federação a querer despedi-lo por justa causa ( motivo atendível?) e o Queiroz a querer levar uns milhões para casa. Quem é que não gostava de Scolari? Bem podemos dizer que as circunstâncias são outras, que uma geração de jogadores está a chegar ao fim, mas a este nível o que conta são os resultados, veja-se a razia que está a acontecer em várias selecções.

Por mim, sinceramente, não tenho pena nenhuma. Antes ter uma equipa orgulhosa a jogar bem, o jogo pelo jogo, que jogar medíocre, sem ambição e perder.