Don’t be evil

Foi o mote da Google, já não é assim há muito e agora temos outra confirmação: a Google anunciou o seu apoio ao TPP.

Stop TTIP: Iniciativa de Cidadania Europeia

ttip

Para que uma Iniciativa de Cidadania Europeia (ICE) seja bem sucedida, precisa de chegar a um total de um milhão de assinaturas e uma quantidade mínima de assinaturas (também referida como “quorum de um país “) em pelo menos sete estados membros da UE. Nós já ultrapassámos esses limites, mas continuamos a recolher assinaturas porque queremos demonstrar o quão forte é a oposição pública ao TTIP e ao CETA. Este mapa mostra como o número de assinaturas para a nossa ICE está dividido pelos países e qual a percentagem do quórum que já foi atingido. Quanto mais escuro o azul, maior a percentagem. Os países que constam a azul escuro já atingiram ou ultrapassaram a quantidade mínima de assinaturas. No entanto, não deixa de ser importante manter a recolha de assinaturas nesses países já que queremos chegar a, pelo menos, 2,5 milhões de assinaturas de modo geral! [STOP TTIP]

O desinteresse pelo TTIP em Portugal, como de resto em relação a muitos temas que não sejam os faits divers daquilo a que chamam telejornais, tem sido assinalável. Quando este tratado tiver impacto no nosso dia-a-dia será tarde. O momento para fazer alguma coisa é agora.

[Read more…]

TTIP: Parlamento Europeu deu o sim. Sabia?

El Parlamento Europeo respalda el TTIP con el apoyo dividido de los socialdemócratas. Por cá, silênci0.

TiSA, TTIP, TPP: mais documentos secretos do governo das multinacionais

WikiLeaks-Global-Trade-Agreement-Triangulation

Hoje, às 15:00, a WikiLeaks tornou público um santo graal jornalístico da actualidade: o texto principal do maior “acordo comercial” na história, o TiSA (acordo sobre o comércio de serviços), cujos 52 países, juntos, constituem dois terços dos PIB global e que tem sido mantido secreto. As partes negociadoras são os Estados Unidos, os 28 membros da União Europeia e 23 outros países, incluindo a Turquia, México, Canadá, Austrália, Paquistão, Taiwan e Israel

Este tratado secreto imporá a todos os signatários cláusulas que beneficiam grandes empresas multinacionais em detrimento da soberania e os interesses públicos de cada país. Este tratado internacional será mantido em segredo durante cinco anos após a entrada em vigor. [Read more…]