Fazer o pino à beira do abismo

André Serpa Soares

11149480_10203858001110785_4086014041632419806_n
Cala-te e vai mas é trabalhar
E a malta obedece, que isto de ganhar a vida é função que só não onera herdeiros, iluminados, eleitos, ladrões e vá, um ou outro sortudo que ganhe o euromilhões.
Mas para ganhar a vida é preciso, desde logo, não ter perdido… a vida! Aquela cena biológica que nos foi dada de mão beijada pelos nossos paizinhos. É preciso, portanto, ter uma vida para ganhar a vida, o que não deixa de ser paradoxal, mas parece que não é bem compreendido por alguns “poderosos, ricos e influentes” da nossa praça.
Ora, termos sido paridos não basta para ter uma vida. Ela exige também uma casinha onde se viva, alimentos para que o corpo possa ter a energia produtiva desejada por quem dá trabalho, o necessário para as deslocações até ao local onde se desempenham as funções, água, luz, gás, uma roupinha que nos aqueça e nos deixe apresentáveis, que isto de ir trabalhar em pelota não pode ser… [Read more…]

Ai, ai, vida…

Mais uma crise para Cavaco Silva gerir. Depois dos tempos de Primeiro-Ministro em que dizia a plenos pulmões “Deixem-me trabalhar!”, o actual PR a viver da reforma não tardará a dizer “Deixem-me descansar!”

Querem Obrigar-nos a Não Trabalhar!

GENTE SÉRIA E TRABALHADEIRA

Os Verdes, gente trabalhadora e virada para o bem comum, quer ajudar o povo Português a viver bem. Dessa forma, entendem estes senhores que devemos ser obrigados a não trabalhar no dia de Carnaval.

Abençoado esquerdismo, rótulo que cada vez mais é sinónimo de … (não, não digo que é feio).

É bom não esquecer

Estamos no início do ano lectivo 2011/2012. Por isso nunca é demais recordar a cartilha que deve ser seguida para o sucesso escolar.

Mas a cartilha, de tão filosoficamente rica que é, poderá servir para o país inteiro e até ao Governo: sejamos capazes de escutar estas palavras e fazer de conta que a escola e os professores são a troika, estudar e aprender é trabalhar e pagar impostos, e que os alunos somos todos nós.