O Diário do Professor Arnaldo: 3 de Novembro – Os Conselhos de Turma

Felizmente, acabam hoje os Conselhos de Turma intercalares. 8 turmas, 8 Conselhos de Turma, todos com a presença dos professores, dos dois representantes dos alunos e dos dois representantes dos Encarregados de Educação, 8 saídas da Escola às 9 horas da noite.
São divididos em duas partes. Na primeira, analisa-se a turma em geral – comportamento e aproveitamento – sem referir nomes. Na segunda parte, já sem a presença dos Encarregados de Educação e dos alunos, desancamos sem dó nem piedade naqueles que saíram. Nos próprios, se for o caso, ou então nos que eles representam.
Na primeira parte destes Conselhos de Turma, o mais usual é os representantes dos Encarregados de Educação estarem calados e dizerem banalidades. Há uns que quando abrem a boca é para falar dos seus próprios filhos, como se eles estivessem ali como Encarregados de Educação dos seus filhos. É das coisas que mais me irrita. Pior, só mesmo quando começam a dizer mal de determinados alunos, que criam mau ambiente na turma, que prejudicam os melhores alunos, ou seja, que prejudicam os seus filhos. Todos percebemos.
Na segunda parte, começa a algazarra. E os assuntos que duram, duram, duram. Ontem percebi por que razão duram tanto. As colegas não se calavam com conversas paralelas (eu era o único homem naquele Conselho de Turma) e a Directora de Turma teve de intervir:
– Ó colegas, desculpem lá, têm de fazer algum silêncio. Não querem ir para casa?
E respondeu uma a rir-se:
– Não. Se eu chegar antes das 8 e meia, tenho de fazer o jantar.
E só porque Suas Excelências não querem fazer o jantar, temos todos de levar, minutos a fio, com o que não interessa.

Comments


  1. Quando eu ainda era vossa colega (LOL) , era o que mais me chateava qt a reuniões, que começassem um quarto de hora mais tarde ( quando não era mais ), que houvesse quem se quisesse ouvir , que se repetisse até enjoar histórias de vida dos alunos ( que eu até achava que se entrava em zonas da privacidade das famílias, mas parece não chocar ninguém) , que não se cumprisse o tempo estipulado para a reunião com conversas sem jeito… agora percebo porquê ehhehehehehe demorei tempo a perceber… heheheheh … aliás nem se entendem muitas reuniões em tempos da net, quando se pode enviar a informação sobre a turma e aluno via mail… e a papelada que se gastava , ainda continua??? Abraço …

  2. Arnaldo Antunes says:

    É como diz o Ricardo, a burocracia dos Conselhos de Turma é de fugir, sobretudo nos finais de Período.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.