Hoje há wikileaks, pânico nas embaixadas

Hillary_Clinton Hoje à noite deverá ter início mais uma operação Wikileaks: 250 000 memorandos da diplomacia dos Estados Unidos, de e para as suas embaixadas.

Hillary Clinton contactou pessoalmente diversos governos (pelo menos a Inglaterra, Israel, Austrália, Noruega, China, Dinamarca e Canadá) numa tentativa de antecipar e minimizar os prejuízos, que podem ultrapassar em muito as denúncias passadas de crimes de guerra no Iraque e Afeganistão. Sendo a diplomacia a arte da hipocrisia em todo o seu esplendor, promete.

Em Portugal, país que esteve ameaçado de invasão americana em 1975, ficaremos talvez a saber o que o império pensa realmente de nós. Desconfio que vai ter piada.

Comments


  1. Boa, J.J.Cardoso. A vergonha à tona d’água. Simplesmente os criminosos já não têm cara para ter vergonha, e temos um exemplo nessa carantonha da Hillary…ante clitoris.


  2. Desconfio que não vai ser nada que não se saiba já. As doutrinas que regem a política externa americana estão definidas à quase 200 anos e têm sido seguidas desde então com poucas ou nenhumas modificações. É assim que se constrói um império.

Trackbacks

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.