1 de Maio, Dia do Consumidor

A Hipocrisia, Irrita-me

Foram ao café, à pastelaria, ao restaurante … e depois queixaram-se, dizendo de tudo um pouco (mas mal, só mal), porque o Pingo Doce abriu as portas, com ou sem saldos e/ou promoções.
No fundo, esta é o tipo de gente que temos no nosso País.
Isto é “O RETRATO DE PORTUGAL”

Comments


  1. Não vale a pena tentar argumentar. Irrita a essa gente, de uma forma que eu não entendo, quem tenha aproveitado o acontecimento. É que não entendo mesmo. Não gosta, não quer… não vai. Deixem os outros em paz. Irra.

  2. maria celeste ramos says:

    creio que também eu caí na esparrela de interpretar mal

  3. maria celeste ramos says:

    achei aquele esoectáculo deprimente

  4. ܓ̰ܒܪܢ ܚܠܝܠ ܓ̰ܒܪܢ says:

    os trabalhadores e manifes reformados que foram para lisboa (e diga-se de passagem não se manifestaram nas cidades de origem) também pararam na sul e sueste para petiscarem uns coisos…con sumismo mesmo


  5. Há uma pequena confusão aqui.
    Uma coisa é a guerra entre as grandes cadeias de distribuição, outra muito diferente são os direitos dos trabalhadores e dos consumidores.
    Algum “cliente” no seu juízo perfeito espera duas horas numa fila para gastar o seu dinheiro?
    Nesta guerra de preços, os trabalhadores (todos precários e quinhenteuristas) e os consumidores estão a ser usados como armas de arremesso.
    Acreditais que os Alexandres e Azevedos abririam aos feriados e domingos se cumprissem com os direitos laborais dos empregados? Acreditais que se estivessem fechados ficaria algum artigo por vender ou comprar? Acreditais que podem “dar” descontos de 50 e 75%?
    Ontem houve uma promoção, mas quando um preço desce aqui sobe outro acolá como eles dizem…
    Observem com atenção os próximos desenvolvimentos.

  6. Jgomes says:

    Realmente a hipocrisia irrita e irrita aida mais a ignorancia principalmente a ignorancia de quem não quer ver o que está á frente dos olhos , mas enfim “No fundo, esta é o tipo de gente que temos no nosso País.Isto é “O RETRATO DE PORTUGAL” . Sr Magalhães o que está em causa não é “com ou sem saldos e/ou promoções”. O que está em causa é os trabalhadores do PD terem sido obrigados a ir trabalhar. O que está em causa é quando estes Srs. percebem a onda de criticas relativamente a isso , imventarem uma promoçao de 50% numa atitude provocadora para com o 1º de Maio, tratando todos os portugueses como gente do 3ª mundo, ignorante e atrasada mental ou como uma matilha de cães esfomeados a quem se atira uma peça de carne.Não posso condenar as pessoas que acorreram aos PD condeno quem levou a iusto e os ignorantes não querem ver isto. Não vi o Sr. referir uma palavra ao facto de estes Srs. ou estarem a vender abaixo de custo o que é crme, ou nos outros dias terem margens de lucro astronómicas. Não vi o Sr. referir uma palavra ao facto destes Srs. pagarem aos fornecedores a 180 dias e receberem dos clientes na hora. Não vi o Sr. referir uma palavra ao facto da Jerónimo Martins ser um dos maiores importadores de produtos da Ásia e de África, levando á falencia de milhares de pequenos comerciantes e produtores deste país., Não vi uma palavra do Sr. pelo facto de levarem a sede para a Holanda, preferindo pagar lá os impostos. Não vi uma palavra do Sr. ao facto do Sr. Alexandre Soares se ter tornado uma das maiores fortunas mundiais ao mesmo tempo que milhares de portugueses passam para a miséria . Saiba o Sr. que se a esquerda no tempo do PREC, tivesse sido aquilo que provavelmente o Sr. e os seus amigos apregoam e abominam, este Sr. e outros que tais, teriam sido presos e fuzilados. Mas não essa esquerda , na qual me incluo, permitiu nessa altura a passarem entre os pingos da chuva, tornarem-se ainda mais ricos e e vêm agora eles as suas familias e os estupidos que os apoiam, do alto da sua arrogancia tratar os portugueses da mesma forma que os romanos tratavam os cristãos nas arenas romanas. e deleitarem-se de prazer. Mas talvez noutro 25 de Abril tudo seja diferente. Que o Sr. numca precise de pedir uma carcaça a estes Srs. porque o vão mandar trabalhar 20h para a merecer.

  7. Pois 500 eurros e 300 de compras?. says:

    Acreditais que houve luta para ficar no Pingo Doce de reformados com 5000 eurros de reforma a gritar eu sou juiz…

    mas nã era….foi juiz…e fez 800 e tal em compras

    gente com 300 e 400 eurros pra gastar se era quinhenteurista

    atão usou cartão de crédito….

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.