Processo Isaltino avança mais dois passos no caminho da prescrição

Acontece que o crime de corrupção prescreve ao final de 15 anos e os factos datam de 1996, pelo que ao ser questionado sobre se aceitava ser julgado, o autarca Isaltino Morais deu a resposta óbvia: não.

Comments

  1. maria celeste ramos says:

    Quando os exemplos vêm de cima não admira que o crime até mais violento e de morte se desmultiplique nem se sabe por onde e como e por quem – e o roubo de não importa o quê – país desgraçado nas mãos de quem não sabe nada – nem se interessa – não admire que se vá a Fátima mas nem Fátima nos vale – S.Miguel na costa norte em Bretanha com chuvas fortes que arrastram casas e automóveis e dejalojamentos de escolas – estradas bloqueadas e cheias de lama – Em 3 meses duas reformas financeiras em Espanha – vamos ver as réplicas

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.