Dia da libertação dos impostos e hipocrisia

Partindo de uma treta estatística, a do dia da libertação dos impostos (bem desmontada pelo Miguel Madeira), anda parte da direita muito entretida naquele lirismo serôdio do “não queremos pagar impostos”. Querer ninguém quer, é sabido, mas a demagogia tem o inconveniente de colidir com a vida real.

Sugiro que amanhã vão todos para o trabalho a pé por veredas e atalhos, para começar, e se forem assaltados não chamem a polícia. E sempre questiono se assim pregavam casonão tivessem dinheiro para pagar as mensalidades do colégio onde têm as crias, ou se por acaso lá na família quando aparece uma doença cancerígena não utilizam os serviços do IPO.

O primarismo anti-impostos é uma doença de ricos, precisamente os que proporcionalmente menos pagam porque têm acesso aos mecanismos de fuga. Mas não prescindem do que não dá lucro e apenas o estado lhes pode proporcionar.

Comments

  1. Maquiavel says:

    Se os ricos pagassem impostos o tal “dia da libertaçäo fiscal” seria logo em JANEIRO!

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.