Ser cretino é crime?

Tom Daley, atleta britânico a disputar os Jogos Olímpicos, ficou em 4º lugar na competição de saltos para água e um compatriota seu, o usuário @Rileyy_69, que a polícia britânica diz ter 17 anos, reagiu da seguinte forma no Twitter:

“You let your dad down i hope you know that” (“Desiludiste o teu pai espero que saibas isso”).

O pai de Tom Daley morreu com um tumor cerebral em Maio de 2011. O atleta queixou-se, também no twitter, do tom deste comentário. O tal @Rileyy_69 ainda pediu desculpa, mas isso não impediu que fosse detido para interrogatório e que vá agora enfrentar um processo judicial.

Que o Rileyy_69 é um cretino, não tenho dúvidas. Mas eu pensava que a liberdade de expressão contemplasse o direito a ser cretino, e que o castigo fosse a censura pública, a resposta do ofendido e de todos os que se indignam quando nos portamos como idiotas. [Read more…]

Olha o cínico

Este José Cesário que lamenta o fluxo “extremamente elevado” de emigração não é secretário de estado no mesmo governo do primeiro ministro Passos Coelho e do ministro Relvas, os quais repetidamente apelaram à emigração dos portugueses como forma de arranjarem emprego?

Notícia: Público,
31 de Agosto de 2012, edição impressa

 

Dia mundial do orgasmo: reflexões inesperadas

Não sou um estudioso do orgasmo, porque há assuntos que não devem ser tratados nos livros. Para além disso, graças às palavras sábias de Duarte Marques percebi que a frequência de bibliotecas pode impedir-me de lidar com pessoas, expectativas e emoções, tudo coisas úteis para se atingir um orgasmo. [Read more…]

Épico!

Daqui a uns anos ninguém se vai lembrar do passos, do sócrates e do resto da corte de medíocres, mas vão-se lembrar disto. Está quase.

Hóquei em Campo: Carla Santos vence projecto europeu

Armindo de Vasconcelos

A Federação Europeia de Hóquei (FEH) lançou, recentemente, um novo projecto de dinamização da modalidade, a que chamou “Get and Give”. Pretende a tutela europeia da modalidade “dinamizar o fluxo de informação, sobretudo na área de eventos” (torneios, festivais e seminários, oportunidades de emprego para atletas, treinadores e árbitros) ou, simplesmente, a permuta de algo mais prosaico como equipamentos, sticks ou campos de hóquei.

O desenvolvimento desta ideia foi entregue ao Comité de Comunicação da FEH, de que faz parte o incansável Marcos Castro, responsável também pela comunicação e marketing da Federação Portuguesa de Hóquei.

Pretendia-se “uma imagem forte, apelativa e de fácil identificação para o público no que concerne à captação da mensagem para que foi idealizada”.

A vencedora deste projecto de design foi a jovem portuguesa, Carla Santos, colaboradora, ela também, da FPH e que, ainda recentemente, deu corpo ao elogiadíssimo logótipo do Campeonato da Europa, realizado no Jamor.

Os jovens portugueses continuam, desta forma auspiciosa, a dar cartas a nível europeu, razão por que aqui deixamos o merecido registo da vencedora e da sua imagem vencedora.

Fotos: fphoquei.pt

Sacrifício

Fotografia conceptual – Dave Nitsche

Acordo Ortográfico: o homem da minha vida

Sempre e ainda em busca desse El Dorado que é a uniformização ortográfica alegadamente trazida pelo chamado acordo ortográfico (AO90), descubro, sem perder tempo, um texto brasileiro sobre um livro do enorme Manuel Vásquez Montalbán, El hombre de mi vida. Leiam, por favor:

[Read more…]