Um homem, um cume

annapurna(1)[1]

Morreu Maurice Herzog com 93 anos, o primeiro homem a atingir o cume de Annapurna, uma das 14 montanhas mais altas do mundo.

A sua vida deu um filme, um best-seller e muitas capas de revista. Foi ainda ministro do Desporto, presidente da câmara de Chamonix e membro do Comité Olímpico durante 25 anos.

Aos 31 anos, fez o que nenhum outro desportista tinha feito até então: escalou os 8091m de altitude do gigante nepalês, sem recurso a oxigénio suplementar. Com custos, claro. Pagou um preço muito alto: a amputação dos dedos.

Nós vemos apenas o que eles têm a menos, estes homens que atingem o cume de montanhas sentem que têm mais.

Comments

  1. maria celeste ramos says:

    Os homens que se ultrapassam a si mesmos como Herzog – ontem vi reportagem de sky alpino em Xamonix – ainda não está tudo parado

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.