Sem problemas de maior: o contato, o diretivo e a recepção

DRE 692013

Não constitui segredo que, independentemente da declaração de intenções, o Expresso é adepto da ortografia portuguesa europeia — só os mais distraídos poderão acreditar que o Acordo Ortográfico de 1990 está a ser aplicado e, ainda por cima, “sem problemas de maior“.

Ontem, por exemplo, através do Diário da República, soubemos que existem candidaturas “formalizadas mediante requerimento dirigido ao Sr. Presidente do Conselho Diretivo [AO90]”, podendo estas “ser entregues diretamente [AO90]” ou pelo correio, “com aviso de recepção [✓]”, devendo, no requerimento, indicar-se o “contato [???] telefónico”.

Efectivamente, tudo corre bem e sem problemas de maior.

Continuação de um óptimo fim-de-semana.

Comments

  1. Júlio Rolando Coelho says:

    Os fundamentalistas do AO deixam-me os cabelos em pé quando decidem inventar. Aqui aparece o contato (afinal de contas parece que, para além de ortográfico, o acordo também é fonético) mas também já vi espetador (quem vê um espectáculo espeta o quê?) até em legendas da nossa televisão (em qualquer dos canais).

Trackbacks

  1. […] Expresso, como bem sabemos, decidiu seguir o caminho AO90. Quer dizer, nem por isso. Já sabemos que o Expresso, de facto, […]

  2. […] está tudo a correr bem e “sem problemas de maior”. “État anarchique”? De l’orthographe”? É verdade: até dizem que foi há […]

  3. […] Óptimo. “Sem atropelos” e “sem problemas de maior“. […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.