“não temos budget para nada”

trabalho-escravo

Procura-se “jornalista m/f” para trabalho escravo.
Os interessados podem ser sodomizados aqui.

Comments

  1. Hugo says:

    MAS, é possível “fazer várias coisas a partir de casa” e no final até dão um certificado e tudo! Já para não falar do facto que é um jornal ligado à cultura, logo é coisa que se faz por carolice.

  2. Eva Garcia says:

    Chegámos ao apogeu da escravatura! “utacúspariu!”


  3. As mais variadas formas de escravatura do sec XXI – o homerm não muda – refina


  4. Aliás até se vê pela forma incluindo a lexical com que colabora no “aventar” mas especialmente no FaceBook que dá para “espantar”

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.