Portugal é campeão europeu

selnac

Portugal regressou hoje à segunda divisão europeia de hóquei indoor, ao conquistar o título de campeão da terceira divisão, disputado em Zelina, na Croácia. Escrevemos há alguns anos que o lugar de Portugal, em função da sua realidade, será na segunda divisão, podendo, em boas safras, ir esporadicamente à primeira divisão, onde pendulam as oito potências da modalidade. Por um conjunto de circunstâncias fortuitas, não ousávamos fixar-nos. Agora, que conquistámos esse desiderato, há que trabalhar para nos mantermos.

Portugal começou bem a prova, como escrevemos na sexta-feira, cilindrando a Hungria e a Finlândia. Ora, o segundo dia de prova mostrava-se à partida muito complicado, dado que iríamos defrontar o País de Gales e a Croácia, apontados á partida como os favoritos.

Ao vencermos os britânicos por 5-2, com 0-0 ao intervalo, na manhã de ontem, abríamos caminho ao sonho: a promoção era possível. Só que a tarde mostrou-se madrasta para as cores nacionais no confronto com a selecção organizadora da prova. A vitória tangencial da Croácia não convenceu ninguém, razãopor que Mário Almeida, o responsável técnico nacional, alertava para o perigo nacional do desânimo,mercê das circunstâncias em que havíamos perdido.

carlitosE havia que recuperar psicologicamente o capitão Carlos Silva, que havia falhado um penalty e, na sua página do facebook, nos pareceu abatido.

A manhã de hoje começou então com um Portugal-Turquia, se vencêssemos, garantíamos, desde logo, a subida. Com a informação em tempo real, por obra da Presidente da FPH, Joana Gonçalves, nas redes sociais, depressa nos apercebemos das dificuldades inesperadas num primeiro tempo em que os turcos chegaram a 1-5 (o golo de Portugal fora apontado por Carlos Silva, o que era bom sinal). Mas, como que sentindo o apoio que lhes chegava de Portugal pelo facebook, os linces reduziram para 3-5 antes do intervalo.

Entrou, então, em campo o “dedo”do seleccionador, ou o “trabalho de laboratório”, como nos disse logo após o apito final da mesa de jogo. Portugal entrou em campo com cinco jogadores de campo, prescindindo do guarda-redes, soi disant, e baralhou por completo a estratégia dos atarantados turcos. O marcador não parou mais de subir até aos nove golos, sem consentir qualquer tento aos otomanos. E, para a goleada, o capitão português colaborou com um hat-trick.

Com a subida garantida por este resultado, multiplicaram-se as apostas se Portugal seria primeiro ou segundo, tendo havido quem já acreditasse, ainda durante esta partida, e com duas horas de antecedência, que Gales venceria a Croácia, e Portugal seria campeão: premonição certeira do treinador do Sport, Fernando Ribeiro.

taccaE os britânicos deram um bónus a Portugal, vencendo a selecção anfitriã por 7-5, resultado, no entanto, insuficiente para retirar dos lugares de subida a Croácia. A prova terminou com três equipas empatadas no topo, Portugal cumpriu os primeiros factores de desempate e venceu.

Venceu colectivamente, mas venceu também individualmente. O jovem David Franco, que encheu o rinque de Zelina, foi eleito o MVP do campeonato.

Contas feitas, recebidas as medalhas, fiquemos com beat da selecção, fruto de uma parceria da FPH com o MC Jay Skillz, e que parece ter motivado os rapazes das quinas: https://soundcloud.com/fphoquei/beat-linces-portugal

Comments

  1. Rafael says:

    Grandes!

  2. Maquiavel says:

    Espectáculo!
    Mas ó Armindo, esta do “hóquei indoor”… eu andei a chamar “hóquei de saläo” ao floorball desde que o descobri (ainda ontem estive a jogar), mas reparei que näo podia ser o mesmo, já que neste último os finlandeses säo especialistas.
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Floorball

    Pois, investigando as fotos já vi que o “hóquei de saläo” é jogado com sticks direitos e bola rija, e näo com sticks curvadinhos com bola furada (o que facilita muito os efeitos).
    Mas o meu stick é pouco curvado, logo faço os meus efeitos à moda antiga, que dá mais gozo!

    Parabéns à canalha! 😀

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.