Mensagem a Telma Monteiro, de novo campeã europeia de judo

telma monteiro

Presada Telma:
Tendo acabado de assistir à sua gloriosa (mais uma!) jornada de Varsóvia, vendo como fez voar a sua adversária, que ousou agarrá-la “pelos colarinhos”, confesso que, para além de aplaudir e a felicitar do coração, me ocorreram ideias patrióticas. Ao ver a bandeira nacional subir, pensei para comigo: o Passos Coelho ou o Cavaco não vão perder esta oportunidade. Vão querer condecorá-la!

Ora, querida Telma, se tal acontecer, ocorrerá um momento em que estará a centímetros de um destes senhores, os quais estarão a pregar-lhe uma medalha nos mesmíssimos colarinhos. Nesse momento, oh sim, nesse momento, lembre-se que sentimos que nos representa a todos, lembre-se do modo como venceu todos os combates do torneio. Lembre-se do golpe da vitória final. E faça aquilo que 90% dos seus concidadãos gostariam de fazer se estivessem no seu lugar. Se tem dúvidas, qualquer do nós, seus amigos e admiradores, terá muito prazer em fazer as devidas sugestões.

A bem da Nação.

Comments

  1. Bento 2014 says:

    Os 90% dos concidadãos que gostariam de estar no lugar de Telma só tem que se aplicar como esta grande campeã, em vez de lhe sugerirem a figura que gostariam de fazer no seu lugar. Telma a exemplo de como se entregou ao desporto para ter o êxito que merece, tem personalidade própria para medir tanto os centímetros dos que pretendam colocar-lhe uma medalha nos colarinhos, como agarrar nos ditos aos que á sua própria medida lhe querem impingir sugestões. Para além dos mais que merecidos parabéns, querer agora ir mais além e tirar qualquer outro partido do seu feito desportivo é um abuso. Haja respeito!


    • Lamento se ofendi o seu sentido de humor, se é que o tem, Bento 2014.

      • Bento 2014 says:

        Acho a sua interpretação completamente deslocada. Não sei onde no meu escrito descobriu sentido de humor a não ser que reconheça que o seu post não pode ser por mais esforço que se faça ser levado a sério. Já agora pode explicar qual o sentido com que deu largas á sua prosa? Se foi por humor só tenho que pedir desculpa por não ter percebido o seu.


  2. Se passares por aqui Telma, lembra – te deste post e na cerimónia que chegará não tarda, tens a possibilidade de ficar na história.Nunca mais estarás tão perto da glória.

  3. Elmiro Ferreira says:

    Prezada Telma: Felicito-a via “aventar”, mas não tenho quaisquer recomendações a fazer-lhe. Parabéns campeã!


  4. Quando se gosta muito do que se faz e há toda a entrega no limite do saber e consciência só pode haver as “Telmas” que se honram a si mesmas e sobra para honrar o pais que fica feliz com o seu sucesso e lhe pode servir de exemplo até além desporto Linda Telma – estou sempre a par dos que são, assim,, portugueses – sabe-se lá com que esforço pois que só se vêem os resultados honrosos

  5. Bento 2014 says:

    Que Deus me perdoe mais um pecado mas vou mobilizar a minha claque.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.