They think you’re too stupid to connect the dots.

Hoje fica um pequeno documentário sobre a crise ucraniana. Visitem o canal do StormCloudsGathering onde poderão encontrar vários vídeos sobre outros embustes que os verdadeiros men behind the courtain nos impõem todos os dias através de uma comunicação social manipulada em função dos interesses do costume.

Investiguem, questionem-se e questionem. A verdadeira revolução começa por aí! Está muito mais em jogo do que à primeira vista poderá parecer…

 

Comments

  1. coelhopereira says:

    “Me engana, que eu gosto” parece ser o lema de muito boa gente quer aqui, quer por toda a Europa. Depois do Kosovo, depois do Iraque, depois do Afeganistão, depois da Líbia, depois da Síria, depois da recente descoberta de mais uma imsuportável “limpeza étnica” ( a dos Yazidis, uma “limpeza étnica” das boas, daquelas que, ao contrário daquela feita na Líbia pelos combatentes da liberdade de turbante e Al Corão na sovaqueira, permite vender mais uma guerra “humanitária”), ainda há gente que acredita no Menino Jesus todo vestidinho de “stars and stripes”. A Vladimir Putin, aquele que propos à UE uma integração económica de Lisboa a Vladivostok, chamam aquilo que Maomé não chamou ao toucinho e preferem à sua proposta, única tábua de salvação da prosperidade da Europa, a aposta num pesadelo político, económico e militar chamado Ucrânia. Tudo isso por um assolapado amor a um tenaz casamento transatlântico com uma potência que rapidamente se desmorona atacada pela lepra do complexo militar-industrial-mediático.

Trackbacks


  1. […] está já a ser disseminado pelos media e a criar pânicos artificiais entre os menos atentos, enquanto Kiev permanece nas mãos de marionetas de extrema-direita controladas por Washington. Será que alguém no seu perfeito juízo acredita que Putin teria coragem de invadir 5 […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.