“Barca do Inferno”? é mesmo!

Quero aqui deixar público o meu reconhecimento a Raquel Varela e Isabel Moreira pelo inglório mas empenhado esforço com que tentaram salvar do naufrágio a “Barca” do Nilton. Em vão. Manuela Moura Guedes e Marta Gautier encarregaram-se de tornar este novo programa irremediavelmente intragável. A “Barca” não navega. Afundou-se mal se fez ao mar.

Comments

  1. Adolfo Diamantes says:

    ainda só vi a primeira parte do programa e não consigo perceber o erro de casting na escolha da Marta Gautier. mas que raio? já a Manuela Moura Guedes, com o seu estatuto de jornalista iluminada acaba por padecer de um excesso de confiança nos seus argumentos. Já agora, 23 menos 12 são 11 comarcas e não 9…


  2. Podia funcionar tirando de lá o Nilton e a Marta Gautier. Ali são erros de casting e o grupo é demasiado grande.

  3. soprafestas@gmail.com says:

    Será que a barca,tal como a caravela tem gávea ????
    É que nesse caso podemos mandar, sem parecermos mal educados, todos para o caralho…. 😉

  4. Maria José forjaz says:

    A barça do inferno seria mesmo intragável se não houvesse o comentário lúcido e sereno da Raquel Varela e da Isabel Moreira. A M M Guedes devia ir para casa. Não se admite que ela tivesse dito que só os falhados iam para professores,a par de outros disparates. Julgará ela que continua a fazer aqui o jornalismo incompetente e intragável que sempre fez?


  5. A Gautier é demasiado má para ser verdade…

  6. niko says:

    mas a boca guedes continua a viver á conta dos meus descontos ? incompetente e ranhosa .


  7. marta e nilton sim e os outros não ou então os outros sim e nilton e marta não. não se pode misturar dois géneros de fazer opinião. três bons exemplos de coerência- a noite da má lingua e governo sombra, registo alegre e brincalhão. Num registo mais de raiva e zanga com o mundo, eixo do mal

  8. ana paula d.f.dias oliveira says:

    Já vi o programa algumas vezes,mas as intervenientes são todas muito radicais. Exceto a M.M.Guedes que é anti tudo o ke é democracia. Ontem a comentar o discurso do sr. de Belém, não sabia se rir ou chorar. A sra. não se enxerga mesmo. Continua a dona da verdade

Trackbacks

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.