Uma noite nos noticiários

11118624_810268302399892_1701897258165048260_o
É espantosa a lata de alguns comentadores e jornalistas. Garantem que a questão das presidenciais é prematura, mas deleitam-se em especulações, por vezes, delirantes, sobre o tema. A apresentação de Sampaio da Nóvoa, sobretudo, parece provocar-lhes uma certa urticária mental. Por uma lado, não se calam com o facto do candidato ser desconhecido. Por outro, acusam-no de apresentar a candidatura prematuramente com o objectivo – natural, digo eu – de se dar a conhecer a si e às suas propostas. Em que ficamos?
E já agora: não têm nada a dizer sobre umas eleições legislativas que por aí vêm? Ou estão felizes com a forma absolutamente canalha com que todos – sublinho: todos! – os canais de televisão e jornais vão, com a vossa ajuda, embalando os vossos concidadãos? Talvez seja muito esforço para as vossas cabeças – por receio de cansá-las ou, até, perdê-las – confrontar as muitas iniciativas e propostas que os vários partidos vão apresentando; e quando falo em vários partidos, gostava de sublinhar aqueles que existem para além dos do governo (conhecem?), com ideias muito diferentes, imaginem, daquela verborreia entre o imbecil e o terrorista com que os governopatas nos vai brindando (em que o esbulho de seiscentos milhões aos pensionistas, anunciado pela Maria Luís, é compensado com o patriótico orgulho de, quiçá por decisão governamental, termos a onda mais alta do mundo surfada por, ao que parece, Paulo Portas)?
Segundo li, a ciência mostra que – desculpem a dureza do exemplo – se colocarmos certos animais – uma rã, por exemplo – em água a ferver, o animal reage e faz uma tentativa desesperada para sair da armadilha. Mas se colocarmos o animal em água fria e aquecermos a água lentamente, o infeliz nela permanecerá, placidamente, até morrer.
Então, prezados concidadãos? Não estais a sentir-vos ligeiramente cozidos?
(foto de Uma Noite na Ópera, dos irmãos Marx)

Comments

  1. maria celeste ramos says:

    Pois é José Gabriel – tenho dado por isso – OS “nóvoa” muito eloquente como soia dizer-se de um rei (ou já eis” ?? Interessante – e HOJE de madrugada de domingo n-ao viu a apresentação pelo próprio de que nem percebi o nome que articulou, mais duas senhoras de que não me pareceu auto-nomearem-se – Pior do que isto só o eis-candidato a candidato Fernando Nobre – Quanto a não sei quê de IRS para os FPúblicos lá para 2019 se calhar Deus Nosso Senhor já terá reclamado a minha presença à sua DIREITA e a devolução do que sacaram pelo menos desde novembro 1999, com mais veemência a partir de 2008 – imagine-se como me sinto pois que nem sequer tenho HERDEIROS – Mesmo assim ainda não perdi o meu poder de espantamento

  2. maria celeste ramos says:

    A RUA é um local público ?? onde poderei então fumar ?’Na Casa de bano do local público ? Nas ruas inundadas de ACOSTA que culpa a maré pelas inundações pois o betão e betuminoso naqueles dias não se tornaram permeáveis à chuva – ou tenho de vir a casa para fumar ? Estou perplexamente perplexa Pois é enganaram-se ao dizer que as TV não falam nas legislativas ?? Pois têm o espaço-tempo ocupado com futebol e no canal 2 com meninas enroscadas no varão e bolinha vermelha no canto superior direito – e o novo director da TV ganhar mais do que o sr primeiro ministro pois o vigente ganha uma miséria e o OA é tão obrigatório que o meu compactador sublinha a vermelho os meus erros e OA e não outros mais importantes – Estou a ouvir ACOSTA – ai estes jotas que pouparam tanto ao meu IRS para chegarem à cadeira onde se sentam – ahh vingança das vinganças estão TODOS de pelos brancos de neve na cabecinha de alta criatividade e memória, e eu, mais velha que eles, só tenho meia dúzia e não tenho também, papada a cair do pescoço e a tapar a gravata – Mas tenho idade para me juntar aos corredores para PR que nunca houve tantos pelo que imagino que será o melhor emprego do país tal o número de pretendentes e marcello o fala barato até já anda na estrada – e espero que não use telemóvel nem seja atropelado pelos meninos que o usam a conduzir em carros que só têm acelerador pois não chegou o dinheiro dos papás para terem travão – são uns destravados coitados – continuo perplexa com a corrida ao Palácio cor de rosa que é cor consagrada para “meninas”

  3. Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

    Independentemente da tentativa de fazer das presidenciais a pedra de toque da política portuguesa em detrimento das legislativas – corroboro o escrito do colunista – não deixo de manifestar o meu espanto com a leveza de um candidato como Sampaio da Nóvoa, um homem que se crê inteligente, mas é capaz de dislates como estes:
    1 – Há três semanas atrás dizia: pensar na minha candidatura é pensar em Ramalho Eanes
    2 – Ontem dizia qualquer coisa como: Estou na política para romper com passado.
    Há qualquer coisa que não funciona bem nesta gente.
    Ou não são, de facto, inteligentes ou querem fazer de estúpido quem os ouve.
    Mas no fundo cheira-me que tanto querem ser diferentes dos outros que acabam por ser ainda mais iguais …
    Atrás do sorriso e das barbas do homem, vejo uma lura de onde pode sair … um coelho.


  4. eles sabem bem quem é o sampaio da nóvoa e quem é que o pôs como candidato. o ps evidentemente.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.