Poker de 6 cartas

Cavaco continua o seu jogo de conquista de tempo e de margem para sair do imbróglio por ele criado ao não marcar as eleições para Julho, tal como fora avisado. Agora apresenta 6 condições e dá a conhecê-las.

No entanto, quais foram as condições anteriormente colocadas a Passos Coelho para que este apresentasse “uma solução governativa estável e duradoura”, sabendo de antemão que a PAF não teria suporte de estabilidade na Assembleia da República? E porque não as apresentou nessa altura, ao contrário do que agora fez com Costa?

Mas temo o pior. Com tanta garantia de estabilidade, Cavaco até parece estar a pedir um governo que dure 41 anos. Daqueles onde ele se sinta integrado. Chega 4 anos, ok?

pocket-aces

Comments

  1. Ana Moreno says:

    Uhm… pensando bem, se calhar e sem ele querer está mesmo a dar uma ajuda para a estabilidade de um governo à esquerda, o que até seria bom…


  2. Acreditem!

    Ele não vai indigitar ninguém que não sejam os PaF’s.

  3. Escatota Biribó says:

    As exigências, nada têm a ver com condições, ou garantia de estabilidade, ou algo parecido.

    Não vale a pena comparar as condições exigidas a Costa ou a Passos, seria partir do princípio que a regras do jogo são iguais. Não são.

    Cavalo silva não quer dar posse, nem por nada a Costa, nem à esquerda. Provavelmente estaria disposto a vender a sua mãe (sem nada contra a senhora), caso isso lhe garantisse que não teria de o fazer. Mais facilmente Cavalo Silva se vestiria de mulher, e se desculparia por uma qualquer noite de extremo consumo de bebidas alcoólicas, sobre a qual a ressaca não permite ter memória, na expectativa de que os outros teriam consumido tantos copos quanto ele, e padecessem da mesma senilidade, a ter que empossar Costa.

    Trata-se de um jogo, tal como a imagem que ilustra o Post. Cavalo quer sair com um slogan que consiga colocar na boca dos eus seguidores, um slogan que esses seguidores possam proclamar de forma segura, e que meta a palavra “garantias” pelo meio.

    Cavalo Silva precisa para a sua terapia de um supositório, o problema é que neste momento o supositório receitado já nem tem o tamanho de um extintor, mas sim o de uma bilha de gás (das antigas). E ainda não há no mercado creme que lhe facilite a vida.

    Cabrão do mercado, ainda não ganhou competitividade e inovação suficientes para desenvolver tal creme.

  4. joão lopes says:

    afinal não há crise alguma,a Crise foi inventada pelo paf(coelho) para roubar salarios e mentir(sobretaxa) ,e não ha crise porque pelos vistos e segundo ordem do sr.cavaco ,Portugal não precisa de governo nem de OE(por isso o coelho não o apresentou),Alias Portugal só pode ter governos com pessoas que provem que são do PSD(e mesmo assim,não são todos)…por outro lado,esta “crise” politica é da total responsabilidade do cadaver de belem.

  5. Nightwish says:

    A prova que deus não existe é que este gajo ainda respira.