Se fosse abafado ficaria tudo bem

Repare-se no detalhe:

Questionado pela Lusa, Hermínio Rodrigues referiu: “Os esclarecimentos não foram dados porque tínhamos a expetativa de que o problema fosse resolvido antes do final do ano”, o que acabou por não se verificar.  [CM]

Ficámos a saber que, para o presidente desta empresa municipal responsável pelo Centro Escolar de Alcobaça, se não se souber, não será preciso informar. Eis o padrão de transparência desta PPP.

Agora atente-se num detalhe. O imóvel foi avaliado pelo fisco em 2.8 milhões de euros. Mas a Câmara Municipal de Alcobaça assumiu uma renda de 63.5 milhões de euros pela utilização deste imóvel durante 23 anos. Nada mau. Depois admiram-se por o TC ter sucessivamente recusado o visto a esta negociata.

Ainda outra coisa engraçada nisto, em mais um caso onde o Estado é bombeiro dos privados, como nesta PPP detida em 51% por privados, é, no entender do vice-presidente da CMA, Hermínio Rodrigues, a solução para a dívida de IVA que levou à penhora  dever ser paga pela CGD.

Mais um esquema ligado à Parque Escolar inventada pelo governo de Sócrates para ter obras no período eleitoral e agora manobrado por uma Câmara PSD. Ganham todos, desde que você pague.