É fácil bloquear um site em Portugal

É demasiado fácil bloquear um site em Portugal!

carbongames

Para conveniência dos interessados o processo pode ser totalmente oculto do público, não há supervisão de nenhuma entidade judicial (eu diria que não há supervisão). Basta pertencer à sociedade privada certa.

Governados por um memorando que só a custo foi tornado público, há uma colecção de entidades em Portugal que decidem que sites são bloqueados. Que negam a todos o direito de consultar os conteúdos que muito bem entenderem.

Hoje foi bloqueado o site da Carbon Games, uma software house que desenvolve jogos. Sem dúvida um engano dado que o site não contém de forma nenhuma conteúdos considerados ilegais pela chamada industria de conteúdos.

Só se descobriu que este site estava bloqueado porque há pessoas, interessadas por estes assuntos, que imaginaram e implementaram um sistema de recolha e análise de dados que lhes permite ir actualizando a lista de sites bloqueados.

Se estas pessoas se desinteressarem por este tema, ou se lhes escapar algum pormenor, o conteúdo disponível a cada um de nós fica dependente da vontade dos senhores da MAPINET, APAP, APAN e afins. Tudo em nome da protecção de uma industria que não sabe inovar, que não se adapta e que, por isso, vai acabar como a industria dos clubes de vídeo, irrelevante.


– Como contornar este bloqueio? – O bloqueio dos sites é feito de uma forma muito rudimentar. É fácil de ultrapassar. Use por exemplo os servidores de DNS da OpenDNS. Ou então, se utilizar o Chrome, instale a extensão Ahoy!.

Comments


  1. Bom regresso!


  2. carbongames.com (sem o www inicial) não está bloqueado- 🙂

  3. Piorquemao says:

    É tão simples contornar o “problema” que nem o chega a ser, mas concordo com a crítica ao “sistema” implantado.

  4. Camaradas says:

    Ainda há poucos anos o Bloco de Esquerda conseguiu bloquear sites fascistas de direita como o insurgente, mas infelizmente também foi por pouco tempo.