Domingo, não faltes à festa de despedida

Com a idade, essa teimosa realidade que nos persegue, vamos percebendo que o mundo não é feito em tons simples, não é apenas preto e branco e que, algures ali pelo meio, há uma infinidade de outros tons a pintar o mundo.

Mas, contraditoriamente, há dias em que tudo é muito simples e domingo é um desses dias. Há uma opção a fazer – e sobre essa, escrevo mais à frente – mas, há um acontecimento a que nenhum português poderá faltar: a festa de despedida de Cavaco Silva.

Poderia recorrer a todos os adjetivos normalmente utilizados pelo Bruno de Carvalho e pelo Octávio para valorizar o trabalho das equipas de apitagem, mas  vou ser um pouco mais simpático. Cavaco é oposto de tudo. É o oposto da democracia, da liberdade, da cidadania.

Cavaco é o oposto ao que deveria ser um Presidente da República.

Não poderia, em caso algum, faltar a tal festa e por isso, domingo, vou votar em Sampaio da Nóvoa.

Voto Sampaio da Nóvoa porque:
a) acho que é o tempo de uma pessoa “normal”, um de Nós, alguém que fez a sua vida a trabalhar, poder dar um rumo ao país. Não é “um Deus”, um tipo que não nasceu para ser rei numa república. É apenas uma pessoa;
B) um cidadão que não teve medo, que se apresentou e que fez o seu caminho de forma livre. E, a liberdade é para mim um conceito estruturante.
C) precisamos todos de alguém que valorize a Língua e o espaço da lusofonia como eixo da centralidade que podemos ter no mundo.
D) os direitos humanos, como a saúde e a educação são bens públicos para todos. Sampaio da Nóvoa, como eu, defende o Estado Social, de qualidade, para todos;
E) É um pensador, que quer ser político por Nós, pelo futuro. Diz hoje o que dizia ontem e não está dependente de grupos ou facções. Quem o lê, como eu, há muitos anos, sabe que o seu pensamento é estruturado e estável. Não muda em função do vento;
Fiz a minha escolha há muito tempo e, agora que chegou o momento da FESTA, estou convicto da certeza da minha opção.

E, quanto a Cavaco, ADEUS! Até NUNCA!

Comments

  1. Escatota Biribó says:

    Também vou a essa festa.
    Adeus Cavalo, vai e nunca mais apareças.
    Mas o que me surpreende ainda mais que o Cavalo Siva, são as pessoas que o admiram e continuam a admirar, e esses continuam por aí, pelo que o risco de ter errado e continuar a insistir no mesmo erro, ainda que numa versão a cores, continua real.

    • Nascimento says:

      Nem mais. Votaram num que gostava de pides e por isso negou pensão á esposa de Salgueiro Maia( nunca esqueçer), e este, que agora se apresenta armado em virgem, onde esteve toda a sua vida? ao lado daqueles que sempre nos tramaram!!! Veja-se o perioda das lutas nas universidades por exemplo. Sempre ao lado dos GORILAS E DO MALTEZ….haja memória. Não me fo…dam, que eu até me passo quando vejo uma cabra -que se diz ” xuxialista”- no EIXO DO MAL a defendê-lo…

  2. El campechano says:

    Os que eram da PIDE, eram tantos…

  3. joaovieira1 says:

    Um dos argumentos mais usados pelos preocupados, atentos, veneradores e obrigados eleitores/as de Marcelo contra Sampaio da Nóvoa é que este, desde há, pelo menos, 40 anos, se manteve oculto, nunca intervindo, na nossa democracia de Abril, politicamente, de forma publica, notória e assertiva, com elevados riscos pessoais, profissionais e políticos, tudo, pois, ao contrário de Marcelo que, herdeiro de uma família e apelido ilustres do antigo regime e, também, dos tiques, sempre se envolveu nas lides políticas com a coragem e desfaçatez que se lhe reconhece, mas cujos resultados conhecidos, todos somados, não o diferenciam muito ou mesmo nada dos seus pares, amigos e correlegionários da facção partidária em que se transformou a direita de Sá Carneiro e que, hoje, por interesses elitistas, pessoais, familiares, de grupo e corporativos puros, sem preocupações sociais que se vejam, para além da caridade, cultivam a convicção doentia de que todos os erros, falhas e responsabilidades históricas pelo estado em que o país se encontra se deve, essencialmente, à esquerda larga e transversal que Sampaio da Nóvoa, estou convicto, tão justamente se prepara para representar na 2ªvolta.

  4. Humberto Barbosa says:

    É que não vou faltar. Só é pena o Cavaco ir para um convento e não para o fundo do Poço de Boliqueime


  5. Vai ser uma desgraça: agora que vai sair o bombo preferido de muitos em quem vão bater? Com o dão sebastião Costa em S Bento e um presidente que sabe comer bolo rei, vai ser uma desgraça; um homem quer dizer mal de alguem e não há bombo.