Conversas abjectas

As maiores e mais venenosas serpentes destas vidas, escondem-se nos mais profundos covis.

As Insónias, toldam por completo o pensamento de algumas pessoas, caso deste “Manuel Damas” cuja vida e obra não é conhecida por ninguém.

Comments

  1. José Peralta says:

    Resposta ao comentário de SÍLVIA ALVES, “tão laudatório do Manuel damas, no Blogue INSÓNIAS :

    Se “o Manuel Damas, como médico, já salvou muitas vidas. Na área social, fez o que muitos que se dizem beneméritos nunca fizeram. Mas fez o mais importante, nunca vendeu a sua dignidade, prostituindo a sua ideologia de base”, também não deve esquecer que, a liberdade de escrever o que, “num país pobre e ignorante, deixado pelo velho senhor, se torna impossível discutir ideias para construir novos caminhos”, a deve à Democracia, sem a qual não escreveria o abjecto vómito absolutamente provocatório e atentatório da dignidade dos “visados”, onde se percebe, e muito bem, a sua “ideologia de base” ! O que ele faz, com abjecções “destas”, é prostituir-se ao serviço da “tal ideologia” ! Se assim não fosse, porque não escreve o damas, sobre um canalha traidor, o paulo rangel, que tudo tem feito no Parlamento Europeu para, em nome do PSD, prejudicar o seu País ! Fácil de perceber, não ? “Professam” ambos a mesma “ideologia de base”…