As férias dos governantes


António Costa: perito em mergulhos enquanto a situação está explosiva (cuidado com o súbito aumento de granadas no espaço público).

Assunção Cristas: craque a assinar nacionalizações de bancos falidos, entre duas piña coladas, ao sabor relaxante da rebentação.

Aníbal Cavaco Silva: não leitor de jornais, inclusive em períodos aborrecidos enquanto se andava pela Casa da Coelha.

Pedro Passos Coelho: aquele que afirmou  “se fosse necessário” interrompia férias devido à crise no BES. Ora, era o que faltava uns milhares de milhões se intrometerem na estadia na Manta Rota.

Paulo Portas: férias, sim, mas só depois de uma demissão irrevogável com direito a promoção

Mas, já se sabe, agora é mau e dantes era justificável. Um par de estados nesta gente toda era pouco.

Comments

  1. Rui Naldinho says:

    Eu acho muito bem que os governantes gozem as suas férias, sem serem interrompidas por tudo e por nada.
    Não entremos em paranoia.
    Há situações e situações. Quanto mais não seja por questões humanitárias, de respeito para com a comunidade, a dignidade do ser, exigem impertrerivelmente a presença do Primeiro Ministro, do Presidente da República, etc…
    Outras nem tanto. Caso contrário, um dia, ninguém pode ir de férias e delegar poderes num Ministro de Estado, ou num Presidente da Assembleia da República.
    Por ex:
    Se o atual primeiro ministro estivesse de férias, aquando do incêndio de Pedrogão Grande, seria sua obrigação suspender imediatamente as férias e ir para o local, se necessário dirigir as operações coadjuvado pelos seus ministros e staff técnico. Aí sim. Exigir-se-ia no mínimo essa postura de Estado.
    No caso do BES, ou no caso do assalto ao paiol de Tancos, não me parece de todo.
    A pergunta que eu faço é se a presença deles, mudava alguma coisa? Nada.
    No caso de Pedrogao já havia vítimas, mas havia um incêndio a decorrer e um rescaldo da tragédia. Era preciso enterrar os mortos e tratar disso vivos. Tal como numa guerra.
    Nos outros dois casos, a decisão do BES estava tomada há muitos dias pelo governo de Passos Coelho. Ou alguém acredita que o governo foi apanhado de surpresa?
    Esperava-se a todo o momento, o resultado da autópsia feita por Bruxelas. Foi o BCE quem passou o atestado de óbito ao BES, e mais ninguém. Quando muito, a agência funerária chamou-se BdP. Talvez nem isso. Carlos Costa foi mais o Padre Cura que andou dia sim dia sim, a dar a extrema unção ao morto, convencido que o ressuscitava. Coisas de fé, que só os banqueiros fingem acreditar!
    Portanto, PP Coelho e ACristas estavam de férias, e estavam bem. Maria Luis Albuquerque representou-os nas cerimónias fúnebres. A mim só me chatea o preço do funeral. Porra, 3,9 mil milhões de euros, é demasiado caro para um país como o nosso.
    Neste caso, o roubo do paiol de Tancos sendo grave por questões de segurança, parece uma história de filme de James Bond, versão Pimba. Mas de facto ninguém consegue vislumbrar uma pista sobre o destino do material.
    Não estou a imaginar Costa a molhar os pés nas águas quentes e as granadas roubadas a darem à Praia.

  2. Rui,
    Parece saber-se onde está o material. O Sr. Ministro do NE disse que vão tentar recuperá-lo. Se o vão recuperar deverão ter uma simples ideia onde está.
    Estou convicto que alguns magalas fandangos do quartel dos paióis têm uma ideia a quem falaram sobre as suas ações de james bond na guarda ou falta dela do material.
    Um arraial de porrada no ringue de box obtinha respostas da “negociata”.
    Há quem diga que o PM Costa foi para férias como medida táctica para se furtar aos efeitos do pantanal.
    Para mim pouco me importa que o homem vá ou não vá de férias porque ele não apaga fogos, não faz rondas a paiois etc.
    Não se deveria discutir as férias de um PM.
    Todos deveriam saber o que fazer no seu dia a dia sem precisar de um PM por perto…

    • Rui Naldinho says:

      Qualquer dia descobrem que o material: “Foi para fora, cá dentro!”
      É com se tivesse ido fazer turismo, mas volta.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s