Será que António Costa aceitará a prenda?


Marcelo Rebelo de Sousa disse o que tinha e havia para dizer sobre o descalabro deste governo face ao tratamento, ou melhor, ao abandono, que o Estado dispensou aos cidadãos que tiveram de enfrentar, sós, o avanço dos fogos.
Falou bem, mas ter-se-á apercebido de que, ao anunciar um novo paradigma que deverá sair da Assembleia da República, ofereceu a Costa o melhor motivo para se demitir e provocar eleições, aproveitando o estado calamitoso em que Passos deixa o PSD?
Não sei se António Costa optará por aceitar esta prenda desde já, mas que não lhe bastará uma vitória contra uma moção de censura do CDS, isso parece claro, uma vez que o Presidente da República mostrou bem que só lhe dará mais uma oportunidade. Este governo precisa de reforçar a legitimidade parlamentar de forma a responder a Marcelo Rebelo de Sousa, seja através de um pedido de voto de confiança, seja através de eleições legislativas antecipadas.

Portugal's PM Costa reacts during a biweekly debate at the parliament in Lisbon

Do orçamento já ninguém fala, afinal parece agradar à direita e à esquerda (coisa esquisita, não?), embora nada lá se encontre que consubstancie a tal nova política florestal, nem uma reformulação dos nossos sistemas de prevenção, de combate e de comunicação em casos de catástrofe.
O que poderá travar António Costa a aceitar tamanha oferta? Apenas o receio de esvaziar os partidos à sua esquerda, porque precisa deles para legimtitar a imagem de que se trata de uma governação de esquerda e aproveitar a boa imagem que a “geringonça” goza junto dos apoiantes dos partidos que a sustentam.
A ver vamos, mas não coloco nem um cêntimo no resultado deste jogo!

Comments

  1. José Feliciano Cunha de Sotto Mayor says:

    costa não quer provocar eleições. antes deste descalabro tinha 40% nas sondagens. faltavam-lhe uns 4 pontos para a maioria absoluta.

    e vai levar um tombo, podem ter a certeza. na sondagem de novembro verao como ja esta outra vez a um nivel que nao pode dispensar nenhum dos parceiros. nem BE nem PCP…

    neste momento nao interessa a ninguem haver eleicoes. e á direita interessa continuar a moer so a base de escandalos, sem fazer uma proposta que seja (as deles sao as mesmas de passos).

    • Rui Naldinho says:

      Subscrevo. Penso o mesmo.
      Marcelo, no íntimo quer desfazer esta coligação, mas não pode. Porque a coisa pode ficar mais ou menos como está. Acaba mal na foto de família. Por outro lado, Costa nunca iria a jogo nesta altura, pelo facto de poder ficar de novo refém da esquerda, BE, Verdes e PCP, mas em piores circunstâncias.
      A direita só volta ao Poder com uma crise económica grave. Mas só se as circunstâncias provarem que a culpa foi de mau governo de Costa. Caso contrário tenho as minhas dúvidas.

  2. António Martinho Marques says:

    António Martinho Marques
    Repito: Ainda havemos de lhe (ouvir) chamar “venerando chefe de Estado”… Mas, aqui para mim, leitor atento de Maquiavel, era a altura certa para a “esquerda unida” demorar a ser vencida… Venham as eleições, c’um carago! Prejuízos por prejuízos, é só juntar aos dos incendios e, com devota unção, esperar que o diabo apareça para levar a alma do Centeno, numa pagela com a Cristas empinada num azinheira!

  3. joão lopes says:

    é mesmo isso.governo abaixo e empurrar a cristas para eleições,ela quer,todos querem,e a economia,o pib,o socrates,a troika,tudo foi esquecido com os incendios(caramba,ate a corrupção no futebol foi esquecida,e a dos bancos,e as armas de Tancos,que entretanto já apareceram,e com alguma sorte,ha de ser um militante do cds,o ladrão).Cristas para PM,com as celuloses ao lado e não haverá incendios nos proximos anos.mas harerá submarios e portucel por exemplo.

  4. Miguel Cabrita says:

    Poderá travar António Costa o facto de não ser estúpido, de saber com que linhas se coze, e não depender de politologos do quotidiano para tomar as suas decisões.

  5. Fernando Manuel Rodrigues says:

    Subscrevo Miguel Cabrita. Não percebo como é que alguém acha possível que um PM em funções admitisse demitir-se por ter falhado (com um baanço de mais de 100 mortos contra si) e a seguir se apresentasse a eleições para continuar a governar.

    Seria passar um atestado de menoridade intelectual a todo o povo português.

    O que Costa certamente procurará fazer é tentar mostrar serviço e esperar que o tempo apague (ou minore, porque apagar vai ser difícil) esta amarga recordação. Pelo menos é o que eu espero que um PM digno desse nome faça.

  6. LUÍS says:

    Não me parece que a cristas vá sair bem da moção de censura.
    Não passa despercebido às pessoas o oportunismo do CDs que está a fazer o papel de gato pingado, por fora hipócrita simulando tristeza, por dentro a fazer contas alegremente com os lucros do funeral.
    Além de que a cristas foi ministra da agricultura e tem demasiados rabos de palha nesta questão dos incêndios.
    Entre o deve e haver neste processo penso que o resultado vai pender para o Costa pois já demonstrou capacidade política para inverter situações desfavoráveis.

  7. anti pafioso. says:

    Força António Costa , PS PCP E BE; todos juntos para vencer a direita e a extrema direita reacionária VIVA O 25 DE ABRIL..Fascismo nunca mais .

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s