Corrupção activa, corrupção ativa e corrupção passiva

Das Zusammenpacken und Beladen des Rads am nächsten Morgen ist längst zur Routine geworden.

— Dirk Rohrbach

Avant, pour les mâles, dehors, le travail à la main faisait la règle générale : pelle, pioche, fourche, hache, pic ou rivelaine, faux. Pendant la guerre, ils obtinrent des cartes d’alimentation au titre de travailleurs de force. Pas de mécaniques pour lever les charges, aucun moteur pour soulager la peine, tout au biceps, le dos courbé.

Michel Serres

Là, tout n’est qu’ordre et beauté,
Luxe, calme et volupté.

Baudelaire

***

É um dos preços da passividade: assim se escreve, actual e activamente, em português europeu.

Efectivamente, também temos a prática habitual do sítio do costume quer no Jornal de Notícias,

quer no Expresso,

quer, como se espera, no sítio do costume.

Por sinal, esta imagem provém de um acordo que substitui outro, publicado no sítio do costume, em Novembro de 2014.

Descubramos as diferenças.

Exactamente: EEP (Entidade Empregadora Pública) deu lugar a EP (Empregador Público), com a necessária alteração da contracção: ‘no’ (em+o), em vez de ‘na’ (em+a).

Quanto ao resto, tudo como dantes.

Desejo-vos um óptimo fim-de-semana.

***

Comments

  1. ZE LOPES says:

    Rimas em homenagem ao Achordo Ortographico (parte 1):

    Fui pescar no altomar
    Peixes não vi nem 1;
    Mudei de cana-de-pesca,
    Pesquei logo um actum!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.