Alexandre Soares dos Santos, um comunista envergonhado?

ASSAC

Fotografia: Ricardo Castelo@Jornal de Negócios

Segundo o Expresso, o patrão do Pingo Doce “considera que a atual solução governativa “não é má” para Portugal“. Analisadas à lupa da nova direita radical portuguesa, tais declarações indiciam a possibilidade de Soares dos Santos ser um perigoso comunista. E a julgar pela foto em cima, deve andar a soldo do Costa. Quem diria que o camarada dos supermercados era adepto do estalinismo?

Comments

  1. Fernando says:

    Pudera, a Geringonça não afecta a sua bilionária fortuna (depositada algures na Holanda) e o modelo económico assente em baixos salários que tornou o Sr. Pingo Doce bilionário…

    É por isso que na fotografia estão contentes, business as usual, os tansos pagam!

  2. Analfabeto Político says:

    Alexandre Soares dos Santos, um comunista envergonhado?

    (dirá o homem em surdina, tal como o cangalheiro)

    “Eu não quero que ninguém morra, mas apenas que a minha vida corra”

  3. antero seguro says:

    Paga impostos na Holanda. Aqui, paga salários baixos. A facturação, essa, vai de vento em popa. Ele sabe bem que os portugueses, sabe-se lá como, não desistem de comer. Este, pois, continua a ser o país das oportunidades.

  4. Bento Caeiro says:

    O capital, amigo João Mendes, tal como o oportunismo, não tem pátria, ideologia ou religião. Dá-se bem e desenvolve-se – qual parasita – em conformidade com as comodidades que o hospedeiro lhe proporcionar.
    As condições e oportunidades em Portugal, para este tipo de actividades são excelentes. Basta ver a sanha com que as finanças atacaram a Feira do Fumeiro em Vinhais. «Como esta gente atrasada se comporta, dirão. Que é isso de vender e comprar nas feiras? Então não sabem que para isso existem os super do senhor Soares dos Santos?» Chouriço e presunto só no Pingo Doce e as finanças que o digam.

  5. Rui Naldinho says:

    “ …o patrão do Pingo Doce “considera que a atual solução governativa “não é má” para Portugal“.

    Ai Alexandre!!
    Se o Menos sabe estás ****do!

  6. JgMenos says:

    É o resultado do trauma abrilesco: para f**** comunas não há como dar poder aos socialistas.

    • ZE LOPES says:

      Menos! O menino está cada vez mais mal educado! Foi isso que a sua mãezinha lhe ensinou quando era pequenino? Quando o sentava ao colo enquanto rapava o bigode? Ai o menino!


    • Ó “menos” !

      De trauma abrilesco sofres tu ! E não disfarças nada ! São só ganidos, roer de dentes, raiva surda ! Não há alka-seltzers que cheguem para aplanar “o fogo que arde sem se ver” nesse pobre estômago !!!!

      Olha o que o “teu” soares dos santos, esse grande “putriota”, dizia em 1 de Fevereiro de 2016 :

      “O segundo homem mais rico do País, com um património avaliado em 1763,2 milhões de euros, voltou há dias a terreiro para, numa entrevista à SIC Notícias, ensinar o primeiro-ministro a governar. O reputado treinador de bancada de governos sucessivos Alexandre Soares dos Santos tem todo o direito à sua opinião, e, tratando-se de um gestor de sucesso, há, obviamente, todo interesse em ouvi-lo. Isso não significa, porém, que o Sr. Pingo Doce venha comer-nos as papas na cabeça e tomar-nos por imbecis”.

      Ora satisfaz-te lá com este “pingos”, ò “menos” (já que gostas que o gajo, te coma as papas na cabeça…) :

      http://visao.sapo.pt/opiniao/o-texto-e-a-cidade-francisco-galope/2016-02-01-O-Sr.-Pingo-Doce-tem-direito-a-sua-opiniao

      • JgMenos says:

        Peralta alguém te protege, que dá sempre erro!

        • ZE LOPES says:

          V. Exa. comenta com uma eloquência sem limites! E quando escrever em Português, nessa altura, ninguém o bate! Estamos todos ansiosos para que esse dia seja uma realidade!

    • ZE LOPES says:

      Agora a sério: o trauma abrilesco existe mesmo. JgMenos é, aliás, o presidente-mestre da Associação das Vítimas do Trauma Abrilesco. A que só se pode pertencer depois de um rigoroso exame médico físico e psicológico. Em especial um rigoroso exame ao fundo das costas e um teste psicotécnico que envolve a rápida formação de frases em que têm obrigatoriamente de entrar palavras tais como: mama, mamões, cornos, coirões, esquerdalhos, treta, treteiros. Pelo menos -daí o “nick”-uma data delas.

  7. Bento Caeiro says:

    Segundo consta – notícia espalhada pelos Apregoadores do Reino – o JgMenos foi às comemorações sobre o Querido Líder do Menos, Salazar. Após as mesmas, o seu grupo decidiu ir jantar cabrito à Quinta do Cabril em Carregal do Sal. Foi tal a bebedana colectiva – o Dão tem estes efeitos -, que no regresso a Lisboa, enganando-se, foram parar a Cabanas de Viriato e por lá têm andado. Nos últimos dias, têm sido vistos nos folguedos de Carnaval, disfarçados com as fardas da Legião Portuguesa, a dançar a dança-dos-cus. Parece que terão jeito para a coisa.
    Quê?… Não! O Adolfo Mesquita não fazia parte do grupo.

    • JgMenos says:

      Mais um palhaço esquerdalho a vomitar alarvidades.

      • ZE LOPES says:

        Tenha calma, Sr. Menos! Realmente superar o Trauma Abrilesco é duro! E V. Exa. sente a dureza como ninguém.

    • Carlos Almeida says:

      Boas

      O nome é Quinta do CABRIZ e não Cabril.
      Há um Cabril na zona da Barragem de Sta Luzia e Unhais o Velho, concelho da Pampilhosa da Serra.
      Há também uma povoação chamada Cabril em Castro Daire e outra no Concelho de Montalegre.

      Mas Cabriz, que julgo que não é povoação, mas sim uma marca, só conheço em Carregal do Sal

      • Bento Caeiro says:

        É isso Carlos, Cabriz e Quinta de Cabriz são marcas de Vinho Dão – uma maravilha. Contudo Quinta de Cabriz é também um espaço de enoturismo, com um restaurante de cozinha regional (Bacalhau com broa, cabrito assado…)
        em Carregal do Sal.
        A dança-dos-cus do Grupo Menos desviou-me a atenção.

  8. Carlos Almeida says:

    Mas estão a falar de quem ?
    Do Sr Alexandre Soares dos Santos ?
    Mas o homem é holandês. Pelo menos é lá que a empresa dele paga os impostos

  9. ZE LOPES says:

    João, quis mesmo dizer “comunista envergonhado”?

    Não seria “camionista envergonhado”? Sim, porque é relatado que, durante as greves dos funcionários lá do “Pingo”, era ele próprio que se encarregava de guiar os camiões!

    Ou seria “camonista envergonhado”? Efetivamente todos sabem que ASS se tem vindo a dedicar à atualização dessa grande obra de Camões que, dizem, é “Os Lusíadas” e que ninguém entende que se tivesse detido algures lá pelo século XVI. Eis o início de uma das estrofes da sua autoria que, em breve, adornará os sacos de plástico reutilizáveis:

    “E foi então que Júpiter, malicioso e astuto,
    Tomou Juno e mais dez ninfas e a Gaia as trouxe.
    E na primeira calenda,honrando Maia,
    As levou aos saldos no Pyngo Douce”.

Deixar uma resposta