Legalidade à moda de Braga

Ricardo-Rio-a-frente-da-Camara-de-Braga

Ludo Sousa

A propósito das recentes notícias sobre a implementação de um regulamento de controle de consumo de álcool aos trabalhadores da Câmara Municipal de Braga:
Dão a entender as notícias sobre o assunto que os sindicatos aceitaram a implementação do regulamento. Nada mais falso! O STAL emitiu parecer desfavorável que não foi tido em conta.
Refere também a notícia que os testes de álcool se encontram em vigor na AGERE e na TUB. Nada mais falso!
“Esqueceu-se” a comunicação social de dizer que um Administrador da AGERE foi, há anos, condenado a seis meses de prisão, remíveis a multa, por aplicação dos testes aos trabalhadores nos termos do regulamento, que é ILEGAL:

Aliás, o regulamento da CM de Braga viola a Lei (várias) em quase todo o seu articulado contraria todas as disposições/recomendações acerca deste tipo de regulamentos como forma de prevenção de controle excessivo de álcool e substâncias psicotrópicas nos locais de trabalho. É um regulamento proibitivo, penalizador e não preventivo. Feito para “tramar” alguns “por” encomenda!

Tenha vergonha a Câmara Municipal de Braga!
Tenha vergonha o senhor Ricardo Rio!
A autarquia de Braga não tem sequer um Regulamento de Saúde e Segurança no Trabalho!
A Autarquia de Braga tem uns estaleiros municipais pragados de Ratazanas!
A Autarquia de Braga tem os trabalhadores do sector operacional num estaleiro com coberturas de amianto, com infltrações, com tectos escorados para não derrubarem!

Haja VERGONHA!

Nota: sintam-se avisadas as autarquias que no Distrito de Viana do Castelo intentem tal proeza!

Começou a rebelião no PSD

FN.jpg

via Público

Fernando Negrão avisou que abandonaria a liderança parlamentar do PSD em caso de rebelião interna, apesar de presumir que tal conspiração não estaria em curso. Agora que a rebelião começou, quanto tempo demorará a renunciar ao cargo?

Depois da votação desastrosa, e das farpas de Paula Teixeira da Cruz, eis que regressa a cena Sérgio Azevedo, que até há poucos dias era vice-presidente da direcção Hugo Soares na bancada parlamentar, e que esteve com Santana Lopes na corrida à São Caetano, para colocar novamente em cheque a eleição de Fernando Negrão, isto depois de classificar de “autoritária e fascizante” a argumentação do novo líder parlamentar do PSD, que considerou os votos em branco como “benefício da dúvida” que lhe foi dado por 32 deputados. [Read more…]

Sigilo absoluto

A senhora dos Messies barrou-me o caminho, rua abaixo, obrigou-me a parar, a tirar os óculos de sol, a dar a última sacudidela ao sono, e a ouvir-lhe a suspeita:

-Esta chave… Devem ter andado a roubar…

Na sua mão reluzia uma chave que ela encontrara no chão enquanto passeava os Messies. Esperava em silêncio que eu lhe completasse a história, mas eu fui sempre lenta para enredos policiais, ainda que tanto os aprecie.

-Eles têm andado a roubar… e deixaram cair esta chave… Os ladrões daqui do bairro, sabe?

Estávamos frente à porta de um edifício em ruínas, com um cadeado na porta carunchosa e já sem pingo de tinta, e um cartaz da imobiliária a ponto de cair. Os Messies, resignados, sentaram-se no chão. [Read more…]

Sejam bem-vindos

à era da Traquitana.

“O Regulador está no terreno”.

Foi notícia por estes dias que uma pessoa de idade perdeu a vida em sua casa, no interior do país, sem poder pedir auxílio através do seu telefone fixo, última ligação que mantinha com o mundo, mas que não funcionava desde que os incêndios de Outubro destruíram as linhas e estruturas de telecomunicações que estão sob a responsabilidade de uma empresa estrangeira e privada chamada Altice.

Os representantes do Estado Português, primeiros responsáveis pela segurança dos cidadãos que a esse Estado tributam, declaram, com ar extremamente sério e ministerial, que “o Regulador está no terreno a fiscalizar”, querendo com isso significar que a sua responsabilidade, atributo maior e indeclinável de qualquer governante, foi transferida para uma entidade abstracta e incognoscível criada para proteger o lucro da tal empresa privada.

[Read more…]

Se mal falam e escrevem, que diferença lhes aberia de faser?

Lê-se no DN que PSD, PS, CDS e BE demarcaram-se da proposta do PCP para Portugal se desvincular do Acordo Ortográfico, “ainda que tenham admitido a necessidade de o aperfeiçoar”. O único aperfeiçoamento a fazer é acabar com a tonteira cozinhada pelo governo de Sócrates, apadrinhada pelo de Passos e reafirmada pelo de Costa. Um experimentalismo que nem o próprio Estado consegue cumprir. Como está, mais vale cada um escreber komo qiser.

Isaltino mãos-de-tesoura

IM.jpg

Fotografia: Manuel de Almeida/Lusa@Visão

Isaltino Morais voltou a fazer das suas. Não, não voltou a ser acusado de branqueamento de capitais, fraude fiscal ou abuso de poder. Nada disso. Desta vez decidiu podar as árvores em Oeiras, contrariando o parecer dos técnicos da autarquia, o que já lhe valeu o epíteto de Isaltino mãos-de-tesoura. Muito melhor do que Isaltino mãos-de-branqueamento.

Quando o humor se confunde com a realidade

IP.jpg

via o Inimigo Público

Diz-se por aí que não é montagem

PSD

e mesmo que fosse, os fachos modernos já não são muito dados ao bigode.

Encontrado no Twitter de Tiago Silva.