Depois admiram-se porque as igrejas estão cada vez mais vazias

A propósito do debate sobre a legalização/despenalização da eutanásia, e correndo o risco de não estar a par de outras imbecilidades proferidas pelas várias figuras públicas que se pronunciaram a propósito do tema, de um e de outro lado da barricada, descobri ontem que o arcebispo de Évora, D. José Alves, comparou a eutanásia ao Holocausto. É lamentável, é patético, chega mesmo a ser insultuoso, mas o fanatismo e a falta de noção do ridículo não escolhem instituições. E a Igreja Católica, apesar do Papa Francisco, é sempre muito forte neste tipo de imbecilidades. Não é preciso desrespeitar a memória das vítimas do Holocausto para fazer política, senhor prelado!

Depois admiram-se que as pessoas se afastam cada vez mais da Igreja.

Comments


  1. Infelizmente, alguns sectores da sociedade estão a lidar com isto, como se fosse uma sentença de morte, para os incautos = 007 Ordem para Matar!
    São, ainda, resquícios da “longa noite fascista” !

  2. Pedro says:

    É a igreja católica e o PCP.


  3. …e já agora, com respeito e sem ofensa para ninguém, apenas um reparo curioso :

    Jesus Cristo em grande sofrimento e agonia na cruz, não “apelou á eutanásia ” quando clama :
    …”Pai, afasta de mim este cálice ! ” ?


  4. Pequeno reparo:

    O Francisquinho é só o Dono Daquela Coisa Toda a que se chama Igreja Católica. É que ás vezes ouço falar do homem como se estivesse fora do sistema, quando é ele que manda.
    E já que se mencionou o Holocausto, é como se dissesse “apesar” do Hitler, que coitado nem teve nada que ver com a morte dos Judeus!
    O Papa Francisco não é oposição à Igreja. O Papa Francisco É a Igreja Católica!

  5. Fernando Antunes says:

    O mais insultuoso de tudo isto é que a Igreja Católica só condenou o regime Nazi a posteriori, portanto relembrar o Holocausto é relembrar o infame (e convenientemente excluido dos livros de História) Reichskonkordat — a concordata entre o papado e o III Reich, em 1933. Portanto, o mais triste de tudo ainda é isto: qual a moral da Igreja Católica Apostólica Romana para comparar a eutanásia com o Holocausto, se pactuou há 70/80 anos (nem que seja por omissão) com os autores deste último?

Trackbacks


  1. […] a difusão dos vários embustes que vimos nos cartazes das manifestações contra a eutanásia, as comparações absurdas e alarmistas de membros do clero ou os exercícios obscenos de manipulação emocional, levados a cabo em várias colunas de […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.