Se eu disser muitas vezes “gajas boas!”, elas caem-me às carradas no colo?

Se assim for, espero que o João Miguel Tavares tenha razão na sua complexa análise da situação no Brasil.

Comments

  1. Paulo Marques says:

    Numa coisa tem razão, não eram fascistas, só cleptocratas. Mas falha, como o resto dos “centristas” “responsáveis”, em perceber que os nacionalistas xenófobos apareceram por causa do empobrecimento permanente e nem os eurófilos de direita serão respeitados por estes.

  2. Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

    É preocupante a forma como a crítica política actual é feita. E quando ela surge de pessoas bem informadas como é o caso de João Miguel Tavares, a situação começa a ficar preocupante.

    Estamos a ir pelo caminho mais fácil que é arranjar um bode expiatório para os “conseguimentos” políticos. E aqui, considerando-se, ou não, fascista, João Miguel Tavares solfeja a partir das notas musicais que o fascismo nos envia.

    Para os americanos, a culpa de tudo é dos russos – que quando interessa são de esquerda, comunistas devoradores de criancinhas ao pequeno almoço e quando interessa, também, são mais fascistas que os fascistas.
    Compreendemos assim que Trump, personagem política e pessoalmente impoluto, foi colocado na Casa Branca porque os russos tiraram coelhos da cartola sob a forma de bytes e streams que entraram no cérebro da culta e impoluta sociedade americana, sendo os seus cérebros comidos de cebolada.

    João Miguel Tavares, pelo menos no Brasil, não alinha nesta teoria da conspiração. Mas tem uma variante como qualquer boa pessoa de direita e, do que ele escreve, tiro uma pérola que passo a transcrever:

    As pessoas de esquerda (…) vivem agarrados (…) a uma complacência escandalosa para com a corrupção (…)

    Portanto: As pessoas verdadeiramente complacentes com a corrupção e Portugal, são aqueles que tendo o poder para interferir na Justiça, o não fazem, deixando muito político e banqueiro apontado como criminoso passear-se impunemente, adiando de um modo irresponsável julgamentos e dando penas irrisórias para alguns “azarados” de colarinho branco.

    E concluo: os sucessivos Presidentes da República, Procuradores e Juízes são todos uns esquerdistas inveterados …

    Eu não me importaria falar muitas vezes de Justiça, até que ela aparecesse, ainda que tivesse de dar razão a João Miguel Tavares.
    Creio é que há casos em que as palas, que ele refere no texto, se transformam em … “Óculos de Penafiel”, parecendo-me que esta é a diferença entre os adereços da esquerda e da direita.

  3. ZE LOPES says:

    Talvez não, mas é melhor não tentar. Pode ficar esmagado! Algumas são pesadinhas!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.