A extrema-direita a meter o focinho de fora

Jaime Nogueira Pinto votaria em Bolsonaro. Afirma que as declarações do facho são uns meros “excessos retóricos” e que a esquerda apenas anda a tecer um “processo de intenções”. Face ao que o facho brasileiro tem dito sobre a intenção de silenciar os seus opositores políticos e dado o apoio sem reticências do Nogueira Pinto a este candidato, é a altura certa para pedir uma actualização de posições quanto ao tema “ai jesus que calaram o Jaime”. Chamam-se a recepção os excitados Mário Amorim Lopes, Rui Carmo, ente outros, incluindo toda a redação do Observador.

Entre rodriguinhos, Luís Nobre Guedes diz que iria votar no Bolsonaro, caso fosse brasileiro, por causa da corrupção do PT. Vejamos, este é um destacado membro do partido onde o Jacinto Leite Capelo Rego doou um milhão de euros ao CDS em notinhas. Foi o ex-ministro do ambiente que assinou o despacho que deu origem ao caso Portucale. Pertence ao partido onde os submarinos comprados por Portas tiveram condenados por corrupção na Alemanha, sem que ninguém tenha sido condenado em Portugal.

Por fim, há Cristas e o seu apoio dissimulado. Mais virão, ou não tivesse uma multidão passado de salazaristas a democratas num espaço de horas em 1974.

Comments

  1. amiguel says:

    Só dá vontade de dizer em português vernáculo a estes 3 meliantes: a PQP.
    Estamos de saco cheio com arrogantes, oportunistas, incompetentes, pessoas que além de se dizerem cristãs se consideram superiores, os escolhidos, os destinados.
    Basta de nos fazerem passar por parvos.

    • Miguel Bessa says:

      Quem se considera “escolhido” é quem defende uma doutrina política onde não há espaço para o pensamento dissonante e que quer através do estado organizar a sociedade!

      Sabemos bem quem é. Daí as eternas desculpas do “não é o verdadeiro comunismo”. Porque para ser o “verdadeiro” é preciso ser interpretado pelo “escolhido”, aquele que vai saber o que é melhor para todos. Existe maior dogma do que o “comunismo”? Na religião pode ser se não praticante, no comunismo o não praticante vai pro gulag.

      • j. manuel cordeiro says:

        O “Bessa” a chutar para canto.

      • ZE LOPES says:

        É, e V. Exa. é um sério candidato a ir para o goulag que a “geringonça” que gere esta ditadura socialista em que V. Exa. vive, vai abrir nas Berlengas, e onde planeia meter tipos como V. Exa. a comer ratos e gaivotas para o resto da vida!

        Fuja Bessa, enquanto é tempo! O gulag só ainda não abriu porque não há acordo sobre o assunto no Orçamento. Mas está por um fio! Depois não diga que não avisei!

        • ZE LOPES says:

          Ainda mais perigoso! Ouvi dizer que os prisioneiros irão ser sujeitos a torturas horríveis, tais como ouvirem leituras do programa político de Bolsonaro ao som de músicas do Nelson Ned e do Dino Meira! Simplesmente Horrível! Fuja, Bessa, fuja!

      • Paulo Marques says:

        «Existe maior dogma do que o “comunismo”? »

        Então não existe? O mercado livre que também é plenamente racional. O terror do défice (excepto quando é o Trump ou o Passos ou…). A eficiência das PPP.

        «não é o verdadeiro comunismo»
        É extraordinário como dizer que quando os trabalhadores não controlam os meios de produção não é comunismo é controverso, quando foi o próprio Marx que o escreveu. Como se nacionalizar meia dúzia de empresas e criar serviços públicos fosse uma ideia económica desastrosa.

    • JgMenos says:

      ‘Basta de nos fazerem passar por parvos’?

      Esforço desnecessário, o voluntariado é de regra.

  2. Rui Naldinho says:

    A vantagem desta gente do CDS em assumir-se pode dar os seus frutos. Contrariamente, o PSD tem vergonha.
    Podemos chamar-lhes todos os nomes, mas isso para eles pouco interessa. Há alguma honestidade intelectual dalguns destes protagonistas, e também alguma hipocrisia de outros tantos.
    Senão vejamos:
    Portugal está cheio de bolsonaristas envergonhados. Isso não duvidem. Basta ler as redes sociais e alguns blogues, para se constatar esse facto. Digamos que metade do eleitorado da PàF é convictamente pró Bolsonaro. A outra metade dos pafiosos, saltita entre um certo desprezo intelectual por aquele boçal, pirómano, ex capitão do exército, e um certo antisocialismo primário, que nas últimas décadas vendeu a sua alma ao poder financeiro. Ou melhor, vendeu-se à direita, ficando esta com a imagem algo tremida, mas os socialistas com a foto bastante mais chamuscada.
    É certo que a corrupção não é de esquerda nem de direita. É sim, fruto da ganância. E nessa matéria a direita até consegue facturar mais e melhor. Mas a CS, propriedade da direita, encarrega-se de minorar essa evidência.
    O CDS sabe que para o ano há eleições. E sabe que os bolsonaristas militantes e os titubeantes, precisam de um líder. Nada melhor do que começar desde já a marcar terreno. Entretanto o PSD vai-se entretendo com Tancos, com a mulher do novo ministro da economia.
    Quando der conta faz como a lebre. Corre atrás da tartaruga.

  3. ZE LOPES says:

    O focinho? Não é a crista?

  4. Ana Moreno says:

    “incluindo toda a redação do Observador” – tão óbvio, que até o ex-chefe os chama à razão…. 🙂 https://eco.pt/opiniao/aos-meus-amigos-do-observador-e-a-assuncao-cristas/

    • j. manuel cordeiro says:

      O David Dinis a fazer de conta que não sabe que dirigiu um projecto de direita radical.

      • JgMenos says:

        Radical, extrema, fascista, hiperbólica…

        Só a esquerda conhece a moderação de nada moderar, assim possa!

        • ZE LOPES says:

          Eis que chega mais um! Mas, o que é isto? Acaba de obter o título de DFT (Dono dos Focinhos Todos)! Que descaramento!

  5. Miguel Bessa says:

    Já a extrema esquerda passa a vida com o focinho de fora.

    Que lata que é preciso para malta que apoia ditaduras de esquerda criticar malta que apoia ditaduras militares (Bolsonaro).

    E os exemplos não apoiaram nenhuma ditadura. Quanto muito apoiam um candidato que, segundo a malta para quem Chávez e maduro são grandes democratas, diz que vai ser ditador.

    Que grande azia que anda na esquerda! O povo não segue os conselhos dos educadores.

    • j. manuel cordeiro says:

      Olha o “Bessa” a fazer de conta que não percebe o que é que está escrito no post. O que v.ex.a escreve não passa de um chutar para canto quanto ao facto de 3 personalidades do CDS mostrarem o seu amor pelos fachos.

      Agora deixe-se de merdas e diga claramente: você votaria ou não no Bolsonaro?

    • ZE LOPES says:

      Eu continuo a não saber porque é que V. Exa. prefere viver num país dominado por uma “geringonça” socialista, logo,, uma ditadura, em vez de dar de frosques para o paraíso Verde Amarelo.

      V. Exa. teve o descaramento de negar que me acusou de xenófobo num outro comentário onde tecia umas bacoradas semelhantes às presentes onde procurava desculpar-se e descansar a liberaleira cabeçorra por apoiar um indivíduo que, aquando do “impeachment” de Dilma, teçeu loas ao coronel Ustra um torcionário que chegou ao ponto de torturar os pais em frente aos filhos crianças!

      A V. Exa. só lhe faltam as patas para dar ás solas. E leve consigo os bolsoneiros, os peeneerres, os observadeiros e toda essa tralha.

      • j. manuel cordeiro says:

        O “Bessa” está quase a emigrar para o Brasil. Aí poderá vestir a sua farda castanha à vontade.

        • ZE LOPES says:

          Sim, sim! Já me chegou ao conhecimento que o Bolso conta com ele. Até já o nomeou Coronel das Brigadas Feijão Frade, a elite Bolsoneira!

    • Nascimento says:

      Ó palhaço parece que o teu barrasco extrema direita até era apoiante de H. C. ! aliás o animal nem sabe o que é que é que é!
      É um atasado mental e um grande país vai-lhe cair nas mãos. O animal não tem uma só ideia para o país. Uma só! Vai ” governar” á moda de um cata vento. é só ver ” quem dá mais”.
      E tu meu atrasado rançoso como ” democrata” que és apoias o Animal mais os seus filhos ! és lindo. A sério.

      • ZE LOPES says:

        Nascimento, por favor: Palhaço é uma profissão muito digna, uma das mais dignas! Não confunda palhaços com o “Miguel Bessa” (está entre aspas porque podem existir cidadãos dignos que possam confundir-se). Há que ter cuidado!

    • Paulo Marques says:

      Eu estou à espera de saber em que é que o Chávez foi ditador, ainda para mais comparado com os fantoches americanos. Já o Maduro, no meio de tanta propaganda, não sei, mas não faltam aos adversários acusações patéticas.
      Mas teve a coragem de ir ao bolso dos capitalistas, é um ditador horrível.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.