Assunção Cristas e as clientelas


AC

No calor da universidade de Verão do CDS-PP, Assunção Cristas teceu um conjunto de considerações espantosas e dignas de registo. Entre acusações ao actual governo de fazer aquilo que o governo que integrou fez, nomeadamente “ir buscar dinheiro” aos bolsos da classe média, e críticas ao silêncio dos partidos que apoiam parlamentarmente a solução governativa, quando dela e dos restantes centristas que integraram o governo Passos /Portas “nem um ui” face aos cortes, por exemplo, nas pensões, logo os reformados que eram uma das bandeiras do CDS-PP, Assunção Cristas deliciou as hostes com uma intervenção populista e demagogica que reflecte o estado de um partido comatoso, agarrado a um discurso catastrofista. Um absoluto vazio.

Mas a parte mais interessante da intervenção da líder centrista, fascinante mesmo, foi ouvir Assunção Cristas falar em clientelas, acusando o governo de esvaziar os bolsos da classe média para “arranjar dinheiro para as clientelas das esquerdas unidas”. É preciso ter uma lata do tamanho do mundo. A líder do partido que deu ao mundo Jacinto Leite Capelo Rego e que está no epicentro do Caso Portucale e do dossier dos submarinos, decidiu falar de clientelas. Pois bem, falemos de clientelas.

Em 2011, Assunção Cristas nomeou o aliado eleitoral e conselheiro nacional do CDS-PP, John Antunes, para presidir à Parque Expo, com a tarefa de liquidar a empresa até 2013. Porém, o objectivo traçado não foi cumprido e, desde 2014, a Parque Expo não só continua em pleno funcionamento como gastou 3,9 milhões de euros em 103 contratos, quase todos por ajuste directo. Entre esses ajustes directos, encontramos um, no valor de 97,5 mil euros, ao Banco Big, onde John Antunes exerceu funções, e dois outros, 48 e 50 mil euros, à Nobre Guedes, Mota Soares e Associados, Sociedade de Advogados, RL, empresa que, como o próprio nome indica, tem ao leme o ex-ministro Nobre Guedes, também do CDS-PP. O mesmo Nobre Guedes que, nem de propósito, despachou milhares de sobreiros para a construção da Herdade da Vargem Fresca, central no caso Portucale. Quem também está nos quadros deste escritório é Pedro Mota Soares, ministro do governo PSD/CDS-PP quando estes ajustes directos foram assinados. Estes e um outro de 195 mil euros, entre o escritório e um outro parque famoso: o infame Parque Escolar.

Clientelas, senhora deputada? Têm a certeza que quer ir por aí?

Foto: Jornal de Leiria

Comments

  1. Ricardo Almeida says:

    O CDS a cada dia que passa confirma cada vez mais a ideia de que não há qualquer estratégia ou fio condutor por de trás do partido. Desde que perderam o lugar no poleiro não têm feito outra coisa que não disparar sobre os próprios pés, quase numa base diária. Cristas então está a tornar-se exímia na tarefa ao ponto de o fazer quase de olhos fechados.
    É o que dá ter um partido constituído essencialmente por advogados filhos de “boas famílias” sem qualquer noção da realidade nem capacidades práticas que sejam, excepto escolher Mercedes, encomendar caviar ou contratar empregadas de limpeza.
    Durante o antigo regime o CDS comportou-se como uma galinha com incontinência rectal numa capoeira fechada. Durante 4 anos não fez mais nada que largar poias pelo sítio todo e agora não consegue parar de as pisar. É bem feita.

    • Ramiro says:

      O cds nao eo antigo regime ,nem e a venezuela ,e outros similares prestigia quem trabalha ,,no seu dia adia ..e os desprotegidos …o cds ajudou a cortar a. Reformas. Chorudas. ..a esquerda repoe ..o.pcp .tem uma ajuda dos contribuintes na caixa o cds nao tem ..

      • Ricardo Almeida says:

        Se por desprotegidos se está a referir aos moradores das vivendas na linha de Cascais e se consideram choruda uma reforma de 300€ por mês, que muitas vezes tem de pagar 150€ de medicamentos e as propinas do neto, então sim, o CDS é um pilar de confiança e justiça social.
        Aceito que os betinhos de Portugal votem nesse pseudo partido. Se não for o tacho na freguesia ali ao lado, essa gente nunca irá ser integrada na sociedade labora por excesso de incompetência.
        Aceito que os sócios das grandes firmas de advogados, aqueles que só usaram o nome próprio até aos 16, a quem os papás trataram por “você” em criança e que comiam sandes de lagosta no lanche da escola, votem nesta fantasia política. Afinal é gente como essa que compõe o partido.
        Mas ter alguém que mal sabe escrever português a defender as mesmas pessoas que lhe retiraram tudo o que era benefícios sociais e que literalmente passaram os últimos 4 anos a dinamitar as fundações do estado social português… bem, é demasiado ridículo para se mencionar sequer. Se não faz parte dos grupos que mencionei, aconselho-o a pesquisar sobre o “trabalho” real que este partido parasita tem feito e a ponderar seriamente as suas prioridades.

      • Martinhopm says:

        Ramiro, a sua escrita não é totalmente legível. Não sei se o entendi como devia de ser..Só lhe digo o seguinte:’ o CDS não é o antigo regime’? Mas onde é que está a gente que constituía e era suporte do Antigo Regime?! Eclipsou-se?! Já morreu?! Emigrou para Marte?! Eu, com 73, posso afirmar ter conhecido razoavelmente o Antigo Regime (até fiz a guerra do Ultramar por sua conta) e as profundas diferenças sociais que então existiam. Já não falo na miséria, na fome, no trabalho, quando havia, sem quaisquer direitos, na falta de assistência médica, na falta de escolas, na falta de direitos sociais por mínimos que fossem. Uma sociedade em que só os filhos de família tinham direito em prosseguir estudos indo os outros, trabalhar no campo ou aprender uma profissão (que até nem era desonra nenhuma!). Por favor não fale do CDS, dizendo que prestigia quem trabalha e que prestigia os desprotegidos e que ajudou a cortar as reformas chorudas. Não passa de um partido dos que nasceram com o cu virado para a lua. Não entendo aquela de ‘o PCP tem uma ajuda dos contribuintes na caixa e o cds não tem’. Não se importa de explicar? Trabalhei dos 18 aos 66. Descontei sempre sobre o que efectivamente recebia. Esclareça-me sff sobre a bondade do CDS. Abstenho-me de falar no Paulo Portas, pessoa a todos os títulos desprezível, e de outros sacripantas. Falo da actual Cristas.
        Fico a aguardar as suas notícias.

  2. O CDS é, e sempre foi, a muleta negra do sistema.

  3. Maria Helena Ribeiro says:

    Esta mulher não tem noção daquilo que diz, quem mais enfiou a mão no bolso dos pobres foi o governo do PSD/CDS, até o triste complemento para idosos que é dado a quem tem uma reforma de miséria, até a esse complemento foram tirar, não tiveram pejo de deixar na miséria tantas pessoas, a classe pobre foi a que mais sofreu às mãos do anterior governo,e nessa fase essa mulher nem a boca abriu, está agora armada em defensora da classe média,

  4. ZE LOPES says:

    Em termos de clientelas há mais, e isso talvez se torne evidente nas próximas autárquicas (ou não. já que nessas instituições há gente muito oportunista): o Dr. Lambreta ergueu, através de favores vários, uma clientela baseada em IPSS e etecetras, tudo para “acudir aos pobrezinhos”.

  5. José Manuel F.Seromenho says:

    Não vou acrescentar mais aos comentários já feitos mas,,,, qual é o eleitorado do CDS? é e foi uma muleta do PSD para completar o que por vezes falta ao PSD , quem os ouve falar até parece que é um partido com um enorme peso politico mas não passa de um grupo de Anti-democratas que tem um eleitorado de 6 , 7% , andam a falar em democracia???? andam a falar na classe média???? tenham vergonha !!!!!!!!!!!!!

Trackbacks

  1. […] submarinos? Enfim, são promiscuidades democrato-cristãs. Deus perdoa. Como perdoou Paulo Portas, Assunção Cristas, Luís Nobre Guedes, Pedro Mota Soares e outros convivas do Largo do Caldas. Tal como terá perdoado o próprio Telmo Monteiro. […]

  2. […] por falar em pôr ordem na casa, já alguém se deu ao trabalho de pôr ordem na Parque Expo, ou será que a festa democrata-cristã, patrocinada com dinheiros públicos, ainda continua? Fiquei tentado a sugerir à deputada que se calasse, mas é muito mais engraçado vê-la […]

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Alterar )

Connecting to %s