É a justiça ineficaz…

… que abre caminho aos bolsonaros – BPN: Seis mil milhões de prejuízo, zero presos

Comments

  1. Paulo Marques says:

    E a esquerda responsável que não aceitou a nacionalização.

  2. Fernando Manuel Rodrigues says:

    Resumir os problemas do nosso país ao BPN é ser simplista. Grosseiramente simplista.


    • Claro que não podemos resumir tudo ao BPN. Ainda temos BES, o BPP e o Banif.

    • Paulo Marques says:

      Claro, além da banca ainda falta o Euro, portanto, a banca, mas alemã.

    • Carlos Almeida says:

      Claro que é simplista resumir tudo ao BPN.
      Mas embora simplista, esse tema não foi simplesmente esclarecido de modo nenhum. Arranjaram uns “cristos” para pagar a factura mas os verdadeiros responsáveis continuam livres.
      Faltou esclarecer o papel do Dr Dias Loureiro na sua criação e nas origens do dinheiro para isso. Dizem as má línguas, que ao contrario dos outros bancos feitos de madeira seca este “banco” foi feito de “madeira queimada”, o que mostra a qualidade dos “artistas carpinteiros”.
      Para alem de nunca se convenientemente se esclareceu o papel do PPD e do Sr Silva nas malfeitorias do gang.
      O Sr Silva, esse sim foi um verdadeiro “artista”.


  3. Justiça altamente eficaz!

    “Apedrejar um gato na via pública”: 2 anos de cadeia pena efetiva

    “Violar mulher desmaiada numa discoteca”: Pena suspensa

    “Roubar um banco e fazer como a Dona Branca que prometia juros de 5% no BPP”: Pena suspensa.

    Diz-se que a justiça é cega. Em Portugal a justiça anda com os olhos bem abertos!

Trackbacks


  1. […] via É a justiça ineficaz… — Aventar […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.