Brasil do caos e ódio mundial

Nas duas primeiras semanas após a eleição o presidente eleito Jair Bolsonaro já causou varias reações negativas. As mais recentes são; declarar que vai acabar com o Ministério do Trabalho, escolher uma defensora dos agrotóxicos para a Agricultura, prometer cobrar mensalidades nas universidades federais, exterminar as secretarias de Cultura e o Esporte, e não podemos esquecer da defesa ao aumento do judiciário que incidirá bilhões nos cofres públicos e das declarações de sua equipe como do “economista” Guedes que versou sobre a “pouca” importância do Mercosul para o Brasil.

O topo da lista das declarações infelizes proferidas por um homem na posição de represente de uma nação foi a desastrosa sobre Jerusalém que acabou colocado o Brasil na lista de desafetos do mundo árabe.

Vale lembrar que há no Brasil muitos árabes e parcerias comerciais.

Cada palavra proferida pelo próximo presidente é uma calamidade. Obviamente não há atos sem consequências então elas já surgiriam em manifestações e editoriais mundo a fora e outras estão a caminho. Não adiantará culpar o PT.

Comments

  1. Manuel Silva says:

    Sotero:
    Não diga essas coisas.
    Não tarda que a Lucinha Pisarro e a Ana Teres venham aqui repor a «verdade que agora conta» e inscrever mais este post na lista dos seus «crimes de comuna não disfarçado».
    Quando for preso e os torturadores lhe fizerem aparecer o espírito do Coronel Ustra, com a ajuda da IURD, lhe meterem o pau-de-arara no sítio que você sabe ou o lançarem no oceano Atlântico a partir de um avião (com os braços e as pernas atados), vai ver que se arrependerá de inventar estas mentiras.
    No Brasil jamais haverá ditadura, tortura, prisões, fome, as favelas (criadas pelo PT) irão acabar, as armas dos criminosos passarão a deitar flores em vez de balas (como sempre aconteceu no Brasil antes de o PT de ocupado o poder). etc., etc.
    Tenho estado a pensar seriamente em ir viver para o Brasil, nunca vivi no Paraíso, talvez seja uma boa oportunidade para experimentar.

    • Rui Naldinho says:

      O Brasil nunca foi paraíso em época nenhuma. Ou melhor, talvez tenha sido enquanto só havia nativos da zona. O Brasil hoje, nem para purgatório serve.

      • Carlos Almeida says:

        Podiam-me oferecer 1.000 €/hora para ir trabalhar no “Paraíso”.

      • Lucinha Pisarro says:

        Você é que pensa!
        Verás “uma volta” do Brasil quanto menos se espera aos melhores do mundo!

        Eita! Povinho idiota que escreve aqui…

        • Carlos Almeida says:

          Badalhoca. Por dinheiro nenhum eu iria para o Brasil.
          Para alem do mais eu não entendo creoulo, que é o que vocês falam.
          Já estive na Guine Bissau e em Cabo Verde, eles falam entre si em creoulo, mas comigo falavam em Portugues.
          Brasuca vem para Portugal, está cá 20 anos e continua a “papiar cleoulo”.
          Um Ucraniano ao fim de 2 anos, fala Portugues.
          Portanto por dinheiro nenhum

        • ZE LOPES says:

          “Eita! Povinho idiota que escreve aqui”…

          A começar por…V. Exa!

          A propósito: tem corrido bem a rodagem do filme “As 51 Sombras do Bolsoneiro”? Como correram essas cenas com o Alexandre Frota? O bigode da Ana Teresa arranha muito? Estamos em pulgas!

        • Paulo Marques says:

          Posso esperar sentado?

    • Manuel Silva says:

      Corrijo o nome da 2.ª Inquisidora-Mor do Reino da IURD, perdão, do Reino do Brasil: é Ana Teresa.
      É aquela que chama comuna a tudo que não seja bolsonarinho ou bolsonarinha, como ela é.

  2. Lucinha Pisarro says:

    “Os cães ladram e a caravana passa”…

    Viva meu Presidente BOLSONARO 👏👏

  3. Lucinha Pisarro says:

    Ah!!!! Tinha me “esquecido”!
    Pesquisem sobre o Nióbio.
    98% das reservas mundiais estão neste abençoado país!
    O Canadá tem os outros 2%…

    Dentro de poucos anos, terei o prazer de vir aqui escrever para o Sotero e outros tantos imbecis que escrevem aqui suas desinformações, a “volta” que o Brasil deu…

    Chora… esquerda!
    O choro é livre!

    “Beijinho no ombro” rs

    • Manuel Silva says:

      Lucinha:
      Retire o espelho que tem na parede atrás do computador.
      De vez em quando olha para lá e descreve-se a si nos comentários que faz.

    • ZE LOPES says:

      Sim, chorei! Chorei de riso quando vi o Alexandre Frota por detrás do Bolsonaro ao lado daquele colorido de serviço vestido de amarelo.

      Não admira que tudo tenha começado com uma oração. Eu se tivesse o Frota pelas costas, também rezava!

      Gostei do discurso do Pastorício e do Sermão Presidencial. Fartei-me de chorar! Ah! Ah! Ai que nem posso!

      Ah! E essa do Nióbio é para rir, não é? No Brasil sempre houve grandes riquezas. O pior é que engrossaram os bolsos de meia-dúzia e o povo não viu um cêntimo de…como é que é?cruzeiro, cruzado, cruzeiro novo, real…

    • José Peralta says:

      Lucinha Pisarro

      Dentro de poucos anos ? Não ! Hás-de vir aqui, já dentro de seis meses ou um ano, para nos mostrares a volta que o Brasil deu !

      E os 98% das reservas mundiais, incluindo por exemplo, a Amazónia, o “pulmão do Mundo” completamente destruídas…

      E depois, eu vou dizer-te quem vai chorar…

    • Paulo Marques says:

      E depois? O Paulo Guedes vai dá-lo quase de borla a uma empresa americana e receber em troca uns tachos – para que é que isso vale?

    • ZE LOPES says:

      Lucinha! Afinal estava enganado!

      Soube agora que o distinto “Chef” Déjaller Bolsonaire acaba de apresentar a solução para a penúria alimentar de muitos brasileiros. Trata-se do prato “Nióbio à la Ustra Bolsonaireuse” que é basicamente,, constutuído por Nióbio desfiado numa cama de feijão com arroz. Consta que Paulo Guedes já comeu e aprovou. Vamos ver se ainda tem fígado e rins para chegar a ministro..

      • Carlos Almeida says:

        O Nióbio, mineral muito importante para a industria do ferro, é mais outra treta que o Governo do Comandante de Jagunços anda a espalhar. É verdade queo Brasil tem uma grande maioria do stock mundial e o Canadá, tem apenas 2%. Mas a verdade é que essa fartura não servira de muito, porque há excesso de oferta e existem alternativas ao Nióbio para a industria. Igualmente não conseguem fazem a purificação do Nióbio e quem ganha são os compradores e processadores. Se aumentarem o preço da matéria prima a industria vai para outras alternativas. É uma falsa miragem como o silício. O brasil tem imensas praias donde pode exportar o silício retirado da areia, mas o problema é que o silício que exporta tem apenas a pureza de 99.5% e a industria electrónica precisa de 99.99999%. Quem ganha é que compra o silício não purificado.
        Hoje a maior parte das minas de neóbio são propriedade da família Moreira Salles (também dona do banco Itaú).

        Do https://super.abril.com.br/ciencia/a-verdade-sobre-o-niobio/

        Mas temos que nos preparar para as “grandes noticias” que o Comandante de Jagunços, vai lançar, para tentar impressionar parolo, o que já se viu não ser difícil. O que é impressionante é isso ser feito por um semi analfabeto


    • O jagunço-mor está bem servido de seguidoras idiotas e acefalas.


  4. É quase preferível não saber destes pesadelos que serão realidade que a nós atinge igualmente :

    “…
    acabar com o Ministério do Trabalho,

    escolher uma defensora dos agrotóxicos para a Agricultura

    ..exterminar as secretarias de Cultura e o Esporte,

    O topo da lista das declarações infelizes proferidas por um homem na posição de represente de uma nação foi a desastrosa sobre Jerusalém … ”

    e o que mais se vai sabendo e constatando e aí virá !!

    ´bigada, biu?, eita Licinhas Pirraça e Anas Tristeresa,
    ide para o vosso paraíso bolsonario, que muié ruim é traia di botá fora e a gente cá gosta de espantá intruso !

    / inté, ca gente apois vai contando causos de arrepiam, espera só !
    : (

Trackbacks


  1. […] via Brasil do caos e ódio mundial — Aventar […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.