Dia Mundial da Poesia

21 de Março. Dia Mundial da Poesia.
Senhor do Nilo
de João L. Maio
O capitalista
é como um crocodilo
Predador implacável
Guloso e
Insaciável
Dono e senhor
do despojo
O grande apogeu
do nojo

É
como um crocodilo
Medusa da produção
Capataz dos aflitos
Dono e senhor do Nilo
Fastígio da extorsão
O carrasco dos prescritos
E tu que contas
os gramas
És a presa
ensanguentada
Caída no chão
Prostrada
Não sabes que o crocodilo
Só enche a barriga ao quilo
E tu vais de grama em grama
Matas a fome à fama
do grande senhor
Do Nilo

Comments

  1. Filipe Bastos says:

    Gosto, José; só uma nota: grama é masculino.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.