Eu Apoio: Médio-Prazo-Memória-Curta

Em 2019, Paulo Rangel, em entrevista ao Diário de Notícias, revelava o seu apoio incondicional a Rui Rio. 

Dois anos volvidos, o que mudou? Dois anos de distância são curto, médio ou longo prazo? Paulo Rangel estará confuso agora? Ou estaria confuso em 2019? E quando Rui Rio era presidente da CM do Porto e Paulo Rangel auxiliava nos assuntos jurídicos, pondo ao seu serviço a CuatreCasas, sociedade de advogados representada por Rangel? Também estaria confuso?

E é assim, na espuma dos dias e no cavalgar da fraca memória dos portugueses e da opinião pública, que Paulo Rangel montou todo um cenário diabólico acerca de Rui Rio, conseguindo até, no entretanto, jogar a cartada do ‘coitadinho’ (desengane-se quem achar que os timings do vídeo da bebedeira em Bruxelas e da saída do armário – do PSD – foram coincidência) e, com isso, que dele se falasse – a estratégia do “bem ou mal… falem de mim!” é por demais conhecida à direita.

O Partido Popular Democrático caminha, a passos largos, para um enterro cada vez mais inevitável. Uma coisa é certa: Pedro Passos Coelho matou o PPD/PSD, Rui Rio abriu a cova; e agora, só falta que Paulo Rangel, mais um incapaz, comece a atirar-lhe a terra para cima. Mais depressa se apanha um troglodita no PSD do que um santo numa igreja.

Isto faz todo o sentido.

Comments

  1. Júlio Rolo Santos says:

    É o poder, Senhor, é o poder.


  2. Embora eu seja desde sempre um profundo adversário dos laranjistas, confesso ser uma realidade confrangente ver um partido que já foi o maior do país, desmoronar-se sucessivamente, minado pelas guerras internas em torno dos umbigos mais ou menos manhosos de dois ou três figurões. É o grau zero da baixa política. Bem faz o povão que já nem sequer vota, na sua maioria. Os políticos queixam-se do quê????

  3. JgMenos says:

    O que te chateia é o PPD estar vivo e o PSD que tomou o S à letra estar moribundo.
    A mama S está ameaçada.

    • João L Maio says:

      O que me chateia é o seu atraso.

      • POIS! says:

        Não seja injusto!

        Olhe que o Menos é um reconhecido especialista em mama. A topar e a indexar mamas ninguém o bate!

        Foi ele que descobriu, após aturada investigação, as ameaças que pairam sobre a mama S.

        Mas a sua principal preocupação é a mama P que está antes da outra P. Porque foi a P que o pariu.

    • Carlos Almeida says:

      Carissimo JgMenos

      “O que te chateia é o PPD estar vivo”

      O PPD, o partido do Marcelo Caetano recauchutado em 1974/75, ressuscitou ?
      Pelo menos um dos seus fundadores, o Exmº Sr Dr Balsa Mamão, estava tudo entusiasmado na companhia da Mumia de Boliqeime.

      Mas a sua alegria faz algum sentido, porque um partido com as características sociais do PPD, mudar o nome para PPD/PSD e depois PSD, considerando-se portanto um partido Social Democrata, como o Partido Social Democrata Alemão ou Sueco é uma aberração. Isto para aproveitarem a vaga no nome que Mario Soares e outros fundadores do PS deixaram.
      A gente percebe porque em 73/74 essa gente tinha que parecer muito de esquerda, daí o nome de Partido Socialista

    • Paulo Marques says:

      O que chateia é festejares por quererem desviar ainda mais dinheiro do país… mas, percebe-se, és pago para não perceber.

  4. estevesayres says:

    Um quente Outubro, para o PSD!!! O Passos nem comenta, também não pode, visto ele ser um dos principais responsáveis!

    • POIS! says:

      Pois é!

      O Passos agora adotou um novo tipo de intervenção cívica onde usa, fundamentalmente, o real fundo das costas e gasta apenas os fundilhos das calças.

      Limita-se a estar sentado em conferências, lançamentos de livros e tomadas de posse. Quando entra e sai diz que não presta declarações. Talvez para não dizer asneiras.

  5. Paulo Marques says:

    Se tiver algum poder, será ainda maior capacho de Barroso.

  6. luis barreiro says:

    Na politica não vale tudo. Do mais reles que se pode escrever… conseguindo até, no entretanto, jogar a cartada do ‘coitadinho’ (desengane-se quem achar que os timings do vídeo da bebedeira em Bruxelas e da saída do armário – do PSD – foram coincidência) …. também podia escrever sobre a tua mãe ou sobre o teu pai… mas na politica não vale tudo. cresce miúdo.

    • João L. Maio says:

      Achava que o Luís era da IL. Afinal é do PSD… ou isso, no IST dão para os dois lados! É bi-partidário, o Luís… gosta do Pai PPD na mesma medida em que gosta do Filho-2, a IL. Mas também, adivinha-se, pelo discurso e pelo amor ao PPD, também gostará do CH, o Filho-2!

      Luís… não cresças, não apareças, evita abrir a boca porque ou entra merda, ou sai mosca.

      • POIS! says:

        Pois é!

        A quantidade de barreiros que por aí andam é impressionante! E ainda não estamos na época dos saldos!

    • João L. Maio says:

      Ps. Constato com agrado que “reles” é o autor do texto apontar a hipocrisia ao visado, e não a hipocrisia do visado. Bem, ao menos todos acabamos a perceber que o Luís gosta da desonestidade e de facadas nas costas. Deve ser um mimo conviver consigo no Técnico, ó, ó!!

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.