Diz que é uma espécie de racismo

racismo|rà|
(ra·cis·mo)

nome masculino
  1. Teoria que defende a superioridade de um grupo sobre outros, baseada num conceito de raça, preconizando, particularmente, a separação destes dentro de um país ou região (segregação racial) ou mesmo visando o extermínio de uma minoria.
  2. Atitude ou comportamento sistematicamente hostil, discriminatório ou opressivo em relação a uma pessoa ou a um grupo de pessoas com base na sua origem étnica ou racial, em particular quando pertencem a uma minoria ou a uma comunidade marginalizada.

Uma caricatura de António Costa com nariz de porco e dois lápis espetados nos olhos não parece encaixar nesta definição. Encaixa na definição de insulto, eventualmente na de mau gosto, dependendo dos gostos de cada um, mas não na definição de racismo. Talvez a máquina de propaganda do PS tenha outra. Mas esta relação simbiótica com a extrema-direita já está para lá de ridícula.

Comments

  1. Luís Lavoura says:

    Concordo. Não é racismo.
    Mas é de um extremo mau gosto.
    Eventualmente, os lápis espetados nos olhos podem ser considerados um incitamento à violência, e nesse caso caem, creio eu, sob a alçada da lei penal.
    Seja como fôr, quem fez aquele desenho e quem o exibiu merece o mais vivo repúdio.

  2. Luís Lavoura says:

    Não deixa de ser sintomático que a única crítica que o João Mendes tem a fazer a estes cartazes seja dizer que eles não são racistas. Não é que eu discorde do João Mendes sobre este ponto, mas parece-me que há muito mais a criticar nos cartazes do que isso.

  3. Anonimo says:

    Fosse mulher, era sexismo. Fosse obeso, seria gordofobia. E aí por diante.

    (temos de admitir que mesmo na woke age, os políticos são na sua maioria caça admissível. Nunca vi grandes problemas com 4 anos de “body-shaming” ao Trumpet, nem com as piadas acerca da estupidez e submissão da 1ª dama)

    • Paulo Marques says:

      Não viu muita, e devia ter visto; mas o problema não foram os óculos, não, é uma sociedade com falta de auto-crítica.
      Mas quanto à submissão da dita, essa é puramente uma escolha pessoal.

      • Anonimo says:

        Gozar ou fazer humor com aparência física sempre fez parte da comédia. Claro que os próprios se sentem ofendidos, ninguém, mesmo os que dizem ter “sentido de humor”, gosta de ser gozado, menos ainda em público. Mas isso aplica-se a tudo, qualquer pessoa ou grupo se sentirá ofendida por algo, seja comédia, ou crítica. A diferença é que no xx dos outros é refresco.
        Muitas escolhas pessoais são enxovalhadas, ferindo as sensibilidades… umas são liberdade de expressão, outras são (,,,,)fobia ou ódio.

        • Paulo Marques says:

          A diferença é que se percebeu que gozar com algo que não se escolhe é simplesmente crueldade.

  4. JgMenos says:

    O corretês como instrumento de esquerdalhos e cretinos.
    Tadinho, que sendo quase preto o representam cor-de-rosa!
    Racistas!

    • POIS! says:

      Tem Vosselência toda a razão!

      Vosselência também tem sido representado em tom pardo e nunca se queixou de racismo.

      Já as orelhas grandes e pontiagudas que lhe colocaram eram escusadas. Aliás, são um pleonasmo.

    • POIS! says:

      Pois, e eu sei bem o que é isso!

      Tenho aqui um cartoon que representa o D’Oliveira, na cama com o Cerejeira, muito agarradinhos a lerem a Concordata, e ninguém o quer publicar!

      Maldito corretês!

    • Carlos Almeida says:

      Caríssimo JgMenos

      Parabéns. Foi preciso um Salazarento serôdio descobrir a razão dos posters. O pseudo esquerdalho Yankee friend tentou e pelos vistos conseguiu esconder a verdadeira intenção de quem fez e apresentou os cartazes na Régua.
      Como o caríssimo velho nazi apontou, o objectivo do pós adolescente e seus seguidores foi atingir a proveniência de uma família de GOA do primeiro ministro.
      O resto é para enganar os trouxas

      A bem da Nação

      Carlos Almeida

  5. Júlio Santos says:

    E é a esta merda de professores a quem são entregues as nossas crianças para as educarem para o futuro? Esta tralha reivindica o quê? Pobre país que que dá guarida a esta gentalha.

    • POIS! says:

      E é a esta merda de políticos rosados a quem são entregues os nossos cidadãos para os governarem para o futuro? Esta tralha reivindica o quê? Pobre país que que dá guarida a esta gentalha.

      • harrison says:

        deves ser prof de loja de conveniência. estes politicos estão lá com o voto dos cidadãos. tú 🦌, os dos cartazes 🦌 e o ultra esquerdista do chega 🥵, chegam lá ao colo uns dos outros.

        • Copacabana says:

          Oi ?

        • POIS! says:

          Pois é…afinou Vosselência, ó “harrison”?

          Que tal o próximo comentário ser escrito em português e sem efígies de Vosselência antes e depois dos seus desastres sentimentais?

          Mas vá! É um lindo menino! Passe lá pelo Largo do Rato à hora de expediente que há qualquer coisinha para si. Tem direito a um torrãozinho de açúcar.

          PS. Lá na loja de conveniência também há resmas de políticos da sua amada Maioria Absoluteira. Aproveite, que há vários em saldo!

          E mais depressa chega lá o Venturoso Quarto Pastorinho ao colo da Maioria Absoluteira que de outra forma qualquer.

    • Paulo Marques says:

      O mesmo que os outros, condições laborais.

    • Nortenho says:

      Vês muitas telenovelas ou tens conta no fakebook

  6. POIS! says:

    O Drama! O Horror! A Tragédia!

    Quatro! – Caricaturas Horrendas – Quatro!

    Dois! – Olhos Perfurados Por Lápis nº 3 – Dois!

    Dois! – Tímpanos Seriamente Afetados Por Estrepitantes Assobios a Galamba – Dois!

    O Horror! A Tragédia! O Drama!

    PS. (Post Scriptum, nada de confusões…) – Em breve entrará o Poeta a declamar…

    “Sob o colossal peso da avultada régua,
    A Marinha irrompia em grande…

    (aguarda-se continuação)

  7. Júlio Santos says:

    Infelizmente ainda há quem aprove este tipo de comportamento. Berlusconi já foi, outros se juntarão a ele.

    • POIS! says:

      Pois…”outros”?

      E Vosselência está incluído ou pertence à casta dos Faraós do Largo do Rato?

      • Júlio Santos says:

        Não, apenas não existe alternativa á atual governação. E, até lhe digo. Mal, por mal, prefiro este governo do que qualquer outro que tenha as características do defunto governo de Passos Coelho de má memória. Se o Sr. não tem a mesma opinião, paciência.

        • POIS! says:

          Pois não! tenho outra!

          Eu não descansarei enquanto o Montenegro não for ministro-adjunto do Venturoso Quarto Pastorinho e o Ministro da Educação não for o Matathá Ribeiro UMBAR (1).

          Aliás, eu fui convidado para ministro pelo Passos, até mais que uma vez. mas não pude aceitar porque, nessa altura, tinha contrato com a Ferrari para dez temporadas.

          Mas se o Pastorinho me sondar, até sou capaz de aceitar. O ano passado fui campeão da Formula 1 e agora só dou autógrafos. Tenho muito tempo livre.

          (1) Único Menos Branco da Assembleia da República, título conferido pelo Venturoso Quarto Pastorinho

    • xpto says:

      Berlusconi ? Que foi e em que clube de futebol jogava ?

      • Anonimo says:

        AC Milan

        Jogador a campo inteiro, ataque à profundidade, bolas nas costas, basculação (política), não falhava oportunidade de a meter redondinha.

        Só não era cor de laranja.

  8. Paulo Marques says:

    Pode não ser propositado, mas a caricatura enquadra-se dentro de antigos estereótipos anti-asiáticos que o sr professor se não conhece, devia conhecer. Que se sinta discriminado é natural, que seja desculpa para achar que o problema é a falta de educação, nem por isso.
    Agora, com os dois olhos destruídos é que nunca mais vê a remodelação…

    • Paulo Marques says:

      E se uma caricatura com características animais não pode ser racismo, vou ali buscar uns desenhos de porcos, ratos, e macacos, que afinal está tudo bem.

      • Carlos Almeida says:

        “E se uma caricatura com características animais não pode ser racismo, vou ali buscar uns desenhos de porcos, ratos, e macacos, que afinal está tudo bem.”
        Claro que é racismo, seja por uma referência a animais ou á ascendência Indu de António Costa, como o Salazarento Menor, apontou imediatamente.

        Se isto não é racismo, quando os grunhos do Valência ou outros clubes, emitam o som de macacos quando jogadores negros entram em campo é o quê ?

        Quem desenhou aquela cara, sabia o que estava a fazer e porque o fez. Mas os sindicatos têm que ver quem são os provocadores que andam lá misturados nem que seja em busca de protagonismo como foi obviamente o caso.
        Os provocadores, sempre existiram ate antes do 25 de Abril, a PIDE os contratava para destabilizar.a confundir os inseguros.

        Contudo e também por causa destas provocações, eu acho que a data/local para a manifestação foram mal escolhidos. Ao contrario do que muitos pensam as comemorações destas datas são muito importantes para a generalidade das pessoas que não gostam a que lhes seja anexado outros eventos que só prejudicam quem os faz.

        • Paulo Marques says:

          Pode ser racismo estrutural sem ser um acto consciente do indivíduo, percebe agora? Como o país continua a não estar pronto para falar a sério sobre isto, continua a ser natural que se replique sem ninguém pensar muito nisso.

      • Anonimo says:

        Mas no fim não foram os porcos que venceram?


  9. Nã!! Não é assim que se pugna pelo que se pensa ter direito aos direitos instituídos.
    Eu, que não sou simpatizante nem nunca votei PS, não morro de amores pelo actual PM, assim como o fundador do partido nunca me convenceu, com toda aquela sua prosápia, muito menos o outro com nome de filósofo e ar arrogante, pois, como ia dizendo, até eu, senti uma imensa vergonha por aquela triste figura que a classe docente fez com os tais cartazes.
    Será que ainda não se aperceberam que estão a ser manipulados e a perder o RESPEITO que tanto exigem?
    Estou triste. Muito triste e desiludida, por ainda ninguém ter parado para pensar que, quando a gerigonça geringonçava, as centrais sindicais não espicaçavam…
    Obrigada!

    • Carlos Almeida says:

      “senti uma imensa vergonha por aquela triste figura que a classe docente fez com os tais cartazes”

      Os professores estão a ser ingénuos e permitirem provocadores no meio das suas lutas. Deviam saber que os donos disto tudo, não acabaram com o julgamento dos Espiritos Santos e vão usar tudo para a protecção dos seus previlegios.

    • Paulo Marques says:

      Só algumas dúvidas… Que respeito existente é que está a falar? Que é que a manifestação tem a ver com centrais sindicais? E quem é que fez birrinha para ter a estabilidade da maioria absoluta?

  10. Salgueiros says:

    Diz o empregado do gangster

    “”Nunca manipulei nada”, garante Francisco J. Marques
    Diretor de comunicação do FC Porto foi condenado a 1 ano e 10 meses de prisão com pena suspensa, no âmbito do caso dos e-mails.”

    E tem razão. Só obedeceu a ordens

    • Paulo Marques says:

      Coisa que os autores dos emails, confirmados outra vez como reais, não fizeram, foi apenas pura convicção pessoal que calhava de estar de acordo com as avenças que lhes caiam. Há lá cada coincidência, como mais uma mais que eventual bofetada do tribunal europeu nos excelentíssimos.

      • Salgueiros says:

        E tem razão. Só obedeceu a ordens

        Quem devia ter sentado o cu no mocho foi o gangster

        • Paulo Marques says:

          Tento acérrimo da defesa de Vieira, que também só actuou em nome próprio, pois claro, é enternecedor.

          • Salgueiros says:

            Estas enganado. Eu sou Salgueiros, não Lampião.
            De resto se fosse lampião tinha vergonha de ter um presidente que apertou a mão a um porco.

          • Salgueiros says:

            Vai ser giro acompanhar este assunto coordenado pelas mafias do Futebol

            “https://www.rtp.pt/noticias/pais/entrevista-a-mae-de-vitima-academias-de-futebol-lucram-com-transferencia-de-menores_v1493071

          • Paulo Marques says:

            Bom, então ou é mentiroso, ou é burro sobre quem ganha o processo. Tendo em conta que está bem com toda o comportamento mafioso exposto, provavelmente os dois.

  11. biato stones says:

    que saudades da troica, do passos e do showman doors. mas eles vão voltar em breve presididos pelo selfie made man o mais católico monarca a presidir a uma republica laica e traz com ele o pastorinho andrew marto benzido ainda de tenra idade pelo santíssimo através de pedras que por ventura se interiorizaram no corpo do piqueno dando-se o milagre da biatificação (acto de duplicar a santificação do body com a introdução de um espirito fisico no hospedeiro do acto solenemente religioso) em vida. isto é que vai ser um País sereno e silencioso onde vai dar imenso prazer viver sem necessidade da tão elevada administração do ensino com nariz de porco.

Trackbacks


  1. […] rapidamente ao tema “Costa vítima de racismo por aparecer num cartaz com nariz de porco“, para vos recordar que, em Dezembro passado, em pleno hemiciclo, o mesmo António Costa […]