Esse bocadinho de tarde cinzenta

  (adão cruz)

Ela não sabia mas a vida havia-lhe ensinado naturalmente que os mais belos poemas se fazem com gestos e palavras simples [Read more…]

Pensamentos XXVII e XXVIII

XXVII

Conversa cordialmente com a pessoa que vês ao espelho pela manhã.

É a única com quem não precisas de levantar a voz.


XXVIII

Não enumeres as imperfeições do mundo.

Não há número tão inúmero.


Conheça o primeiro Caderno de Pensamentos do Sr. Anacleto da Cruz.