Guerra Santa – Kadhafi não esquece os minaretes

Cá se fazem cá se pagam. Leiam porque é que o espaço de Schengen se encontra seriamente ameaçado. Se a perda de poder solidário do ocidente no mundo continuar, qualquer dia nas nossas relações com os países muçulmanos verificar-se-á uma obediência antecipada da nossa parte. Será o fim das nossas liberdades democráticas.

Rolf Domher

SPIEGEL ONLINE, 02/26/2010

———————————————————————

Alpine Jihad: Libya’s Gadhafi Declares Holy War Against Switzerland

———————————————————————

The feud between Libya and Switzerland has been simmering for months. On Thursday, Moammar Gadhafi went on the offensive, calling for a jihad against the Alpine country.

You can download the complete article over the Internet at the

following URL:

http://www.spiegel.de/international/world/0,1518,680525,00.html

Crónica de Basileia em imagens

Continuação daqui
237
Mercado de Natal
039
Servindo Vinho Quente (Gluhwein) no Mercado de Natal
042
Simpático grupo de suíços bebendo Vinho Quente (Glühwein) no Mercado de Natal
018
Rede de eléctricos rápidos no centro da cidade
[Read more…]

A democratização das viagens aéreas

Estou a escrever este «post» a bordo de um «Airbus 319» da EasyJet, que dentro de um quarto de hora vai aterrar no Aeroporto de BSL – Basel-Mulhouse-Freiburg (Basileia, seus incultos!). Parti do Porto às 9 menos um quarto, regresso amanhã ao fim da tarde. No total, paguei 55 euros por uma viagem de ida e volta. Com dormida, a festa fica por menos de 120 euros.
Há alguns anos atrás, seria impossível a um português da classe média, como eu, ir passar um fim-de-semana à Suíça e gastar tão pouco dinheiro. Durante muitos anos, aliás, nunca passei de Tuy, na fronteira com Valença. Lembro-me perfeitamente das cabines, onde eram controlados os documentos oficiais, e dos sacos de caramelos que os meus pais traziam de lá – os duros e os moles.
A globalização, a economia de mercado e a União Europeia trouxeram-nos muitos aspectos positivos. A democratização das viagens áereas, às quais tem acesso, hoje em dia, a generalidade de classe média portuguesa, foi uma delas.

P. S. – Alguém sabe se há minaretes em Basileia?

As mulheres e o fim dos minaretes na Suíça

Devo dizer que acho muito mal que nunca mais se possam fazer minaretes na Suíça.

Para além de uma intolerável intromissão na vida privada dos casais, ignoram-se desta forma os direitos das mulheres, que nunca mais podem contar com um bom minarete. E o prazer delas, onde fica?

Eu cá acho mal!

Ó suiços, agora não se esqueçam de demolir estes minaretes

Catedral de Bâle

Catedral católica de Bâle

Catedral Protestante de Lausanne

Catedral protestante de Lausanne

A Suíça é uma mentira

Um dos mais falsos neutrais países do mundo voltou hoje a mostrar a sua verdadeira face, impregnada de uma cínica xenofobia.

A Suíça é uma daquelas coisas estranhas que prefere nunca tomar posição, mas tomando-a sempre. Seja sob a capa do implacável negócio, onde o dinheiro é que mais ordena, seja sob a capa de uma qualquer igualdade. Como no caso dos minaretes.

A Suíça é uma mentira.