O terceiro quadro de 2010

 

(adão cruz)

Não há um verdadeiro realista, a não ser que não consiga, minimamente, manifestar a sua própria existência, assim como não há um verdadeiro abstraccionista capaz de unir o absoluto ao absurdo.

Comments

  1. Luis Moreira says:

    Adão, os teus quadros são uma delícia,mas quando te metes a descrevê-los…

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.