Não roubaram rosas senhores, roubaram pão.

 

A GNR deteve hoje dois homens, de 26 e 30 anos, após terem alegadamente roubado produtos alimentares de uma viatura estacionada no exterior de uma empresa de Condeixa-a-Nova.
Ao verificarem na última madrugada, cerca das 01H15, que um automóvel “circulava com as luzes apagadas” na estrada nacional 347 próximo da firma Panrico, na povoação de Sebal, uma patrulha da GNR acabou por identificar e deter os dois ocupantes.
Trata-se de um desempregado e um trabalhador da construção civil, de 26 e 30 anos, respetivamente, tendo os agentes apurado então que a viatura “transportava produtos alimentares que eles tinham furtado há pouco tempo”, disse à agência Lusa uma fonte da corporação. in Diário as Beiras

Comments

  1. João Paulo says:

    Levavam PanRico, porque não havia mais nada. Nem salsichas, nem hamburgers, nem nada.
    O que houvesse tinha ido, nem que não fosse de comer.
    quem tem fome, não precisa de roubar para comer.
    Mas estes não gostam de pão, gostam mais de brioche.


  2. Já não se pode roubar pão de forma. Para o João Paulo só pão rijo.

  3. xico says:

    Isto de pôr a rainha santa mais alta que o D. Dinis é alguma afirmação subreptícia?
    Quem tem fome pode sempre ir à porta do João Paulo e pedir?

  4. João Paulo says:

    Há fomes e fomes. Não havia dinhero para pão, mas havia para gasolina.
    E certamente uns cigarritos, umas bejecas, que isso é que não pode faltar.


  5. joaopaulo quen e voce e deus o e um homen

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.