Mobilização para a guerra

Num acesso de clarividência, Passos Coelho disse que “vivemos uma guerra intensa e que precisamos de encontrar em cada cidadão um soldado“.

Comments


  1. Apelo à «guerra» da produção e ao desperdício? Será? Se assim for o entendimento, onde estarão os ‘soldados’ se emigram em massa?

  2. maria celeste ramos says:

    Achei muito interessante este “apelo” à guerra com todas as letras com aquela cara que me entra em casa todos os dias sobretudo nesta quadra natalícia em que se festeja o AMOR e a PAZ e os homens de Boa Vontade
    Oportuno – Já nem é elucidativo e evidente – é mesmo REINCIDENTE
    Ninguém lhe diz que até tem uma cara de idiota chapado (pelo menos) – embora já não ande tão pálido e pareça ter feito “implante capilar” e que há uns tempos nem tenha tempo de pintar o cabêlo de mais outra cor – está confiante até na sua imagem “exterior” – Vou mas é ver a SIC e reportagem sobre a Mongólia – Já uma vez vi um, mas este parece diferente – Éuma viagem de 2 reporters por parte da China além Mongólia – nas zonas mais pobres do mundo

  3. Maquiavel says:

    Primeiro apela à emigraçäo; agora apela para a guerra.
    Que visionário!

  4. lidia drummond says:

    Não é implante capilar, são extensões no alto da cabeça para puxar a marrafa para a frente um tique que o Relvas acha muito excitante. Aliás é o Relvas que coordena as extensões e a coloração do cabelo. Já veio numa revista há bastante tempo.Senão fossem estes pequenos truques, alem das trafulhices dos donheiros que o Relvas vai angariando com as prIvatizações e colocações de “BOIS” como poderiam eles sobreviver. Quem sabe melhor é o João Gonçalves o Adjunto e PADRINHO DAS ALCUNHAS DELES.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.