Aí estão as sondagens

As sondagens são um instrumento de acção política utilizada pelas máquinas políticas, que as usam tal como um outdoor ou um espaço nas redes sociais. Não sei se os Partidos conseguem condicionar a forma como a Comunicação Social as divulga, mas se o PSD parece conseguir condicionar a CNE…

Do ponto de vista formal obedecem a algumas regras, uma das quais exige a sua publicitação na Entidade Reguladora para a Comunicação Social.

Existe ainda uma dimensão de análise mais técnica que permite um olhar mais matemático sobre os dados disponíveis. O Pedro Magalhães ( Margem de Erro) é um dos melhores especialistas nesta área.

Vem isto a propósito da sondagem de hoje do JN sobre Matosinhos. Não sei se os dados estão martelados e por quem – não vou perder um minuto com isso. A minha pergunta é outra. Podemos ler, na publicação que “Foram efetuadas 838 tentativas de entrevistas e, destas, 123 (14,7%) não aceitaram colaborar no estudo de opinião.

Isto é, 715 pessoas poderá ser uma amostra representativa do concelho?

E o que dizer sobre “a selecção foi feita de forma aleatória na lista telefónica”?

Quem é que hoje tem telefone fixo com indicação na lista telefónica? A propósito, ainda há listas telefónicas?

Comments

  1. nightwishpt says:

    ” 715 pessoas poderá ser uma amostra representativa do concelho”
    715 pessoas podiam ser uma amostra representativa do país inteiro, ou até da Europa ou do mundo. Depende é de como se escolhe essas pessoas.


    • Bom dia. Sim, de facto, essa pergunta assim, leva com uma resposta óbvia. Eu pensei nisso quando escrevi a pergunta seguinte onde questionava a forma e não só a quantidade. Gracias pelo apontamento,jp


  2. E há mais sondagens, por exemplo, sobre GAIA – http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=683201&tm=9&layout=121&visual=49

Trackbacks


  1. […] Poderia recorrer à sondagem que dá a vitória ao Eduardo Vítor Rodrigues, mas não sou dos que confia muito neste tipo de instrumento de propaganda. […]


  2. […] Os resultados das eleições em Vila Nova de Gaia fazem-me voltar à temática das sondagens. […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.