Paulo Portas:

irrevogavelmente cheio de moral.