Quando o fisco colide nos bits

Experimente você mesmo, mas primeiro instale as actualizações do seu sistema operativo, do anti-vírus, do Java, etc. Em suma, faça aquilo que é suposto fazer, mantendo o seu computador o mais protegido possível.

Agora sim, experimente instalar o software que lhe permitirá entregar o IRS sem estar permanentemente ligado à Internet. É neste momento que a surpresa começa. 

fisco-java-1 fisco-java-2

Por um lado a aplicação não inclui um atributo que permite verificar se esta não foi modificada por terceiros. Um preciosismo chamado segurança. E por outro lado, o instalador espera que tenha o Java do seu computador desactualizado. Ora, é bem feito, não ande em actualizações em vez de estar a trabalhar.

Mas lá encontrou a forma de realmente evitar a multa, isto é, de entregar o IRS dentro do prazo e recebe uma mensagem de sucesso.

fisco-3

Sucesso!

No entanto, depois imprime-se o comprovativo e conclui-se que se deve consultar “a situação da declaração dois dias após a submissão, se esta tiver erros centrais deverá corrigi-la num prazo de trinta dias, utilizando a opção Entregar IRS disponível no sítio do Portal das Finanças“.

fisco-4

O que é que são erros centrais? E então, afinal foi validada e entregue com sucesso ou não?

Bom, fisco e bits parece que não lida bem. A não ser, quem sabe, que se trate de bitcoins.

Comments

  1. avó mal disposta says:

    A NSA tem ‘worms’ e ‘trojans’ e outras coisinhas assim amorosas capazes de neutralizar as melhores ‘firewalls’ – e diz-se que o software MS vem já com ‘portinhas’ instaladas para lhes tornar a vida mais fácil. [Do que se diz do Google, não digo de alto, tenho as minhas contas com eles, mas um vizinho meu ‘hacker’ foi trabalhar para São Francisco não faz muito…]

    Eu até apostaria que o trabalho que tiveste em actualizar tudo foi em vão… Enfim. Mas são tudo teorias de conspiração, claro.:-D

    Mas foi difícil? Ainda não há aqui muito tempo, para se declararem as entregas de uma pequena empresa familiar de dois empregados (pai e filho), algo que tinha/tem de ser feito obrigatoriamente pela internet, demorou 3 dias: só o carregamento da escrita e dos formulários preenchidos. Dias depois, tinham ‘desaparecido’ uns, e outros estavam em branco. As multas demoraram muito menos tempo a emitir do que as coisas demoraram a carregar, regarregar, conferir e corrigir no portal das finanças.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.