Os alunos do ensino artístico especializado e o seu acesso ao ensino superior

Rui Jorge Galiza Matos Naldinho

CCA Os alunos do estão sujeitos, desde o ano letivo 2012/2013, a um regime de acesso ao ensino superior diverso do vigente até então, introduzido pelo Decreto-Lei nº139/2012 de 5 de julho e suas portarias (243-A/2012 alterada pela 419-A/2012 e pela 59-A/2014).
Tal alteração parece ser mais motivada por razões políticas do que pedagógicas. O que está aqui em causa é que estes alunos, que concorrem ao ensino superior com os alunos de artes visuais do ensino dito regular (cursos científico-humanísticos) são discriminados, tendo-se instalado entre os dois regimes legalmente aceites para conclusão do secundário uma discrepância resultante de regras que os distinguem de forma arbitrária, sem qualquer razão ou fundamento, criando profundas injustiças na hora de concorrer ao ensino superior. [Read more…]

Morreu “Roque Santeiro”

JoseWilker

A normalidade é uma cena relativa

normalidade

República das bananas

Bananas_(movie_poster)

Mais uma prescrição no caso BCP. Que outra coisa seria de esperar de um sistema onde a banca tem nomeado ministros e secretários de estado de todos os governos das últimas décadas? Que fizessem leis e procedimentos que mordessem a mão que os alimenta, não? Era o que faltava. A seguir ir-se-ia exigir uma justiça igual para todos. Cada uma.

Viajar

voyage

Propaganda pechisbeque

propagandaPoupar no avião para gastar nos audis (e nos dos sorteios também).

Key for businesses

key for schools

Ando estupefacto com tudo isto que diz respeito ao novo teste de “diagnóstico” da Cambridge (Key for Schools). O Estado está a patrocinar a introdução de um exame privado no ensino público através, por exemplo, do pagamento de despesas associadas, assessoria e gastando parte do horário laboral dos professores nisto.
[Read more…]